quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Guardem as pedras para os políticos

Imagem retirada da net

Não concordo com manifestações violentas e muito menos com quem atira pedras seja a quem for. Não concordo com tamanha cobardia. Se querem mandar pedras, não usem os polícias como alvos, mas sim os vidros dos carros dos políticos. Mandem ovos à Ministra da Agricultura, pintem de vermelho a fachada do partido que está sediado no Largo do Caldas, exibam estandartes à porta do PM. Agora, mandar pedras aos polícias? Com que propósito? Eles estão lá porque é o seu dever. São filhos, pais, irmãos e maridos de alguém. Eles vão sofrer tanto como nós com este OE.

Também não concordo com os encapuçados. Digam o que disserem, a mim não me convencem. Eu vou de cara destapada para as manifestações, sem pudor nem receio. Dou a cara ao manifesto, não me escondo por de trás de uma máscara, nem de um gorro. Mesmo correndo o risco de isto não se aplicar a todos, a mim, parece-me que quem cobre a cara age com segundas intenções.

Mandar petardos, incendiar e destruir bens públicos, agredir polícias...na, não é assim que vamos lá. E não me venham cá dizer ah e tal...coitado do manifestante que levou com o bastão. Quem não quer ser lobo, não lhe vista a pele.

14 comentários:

  1. Assino por baixo. Concordo plenamente com o que escreveste.

    Um bom dia para ti

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado ;)
      Para ti também.

      Eliminar
  2. Violência não nos leva a lado nenhum mas chegada a haver que seja para quem realmente "merece".

    ResponderEliminar
  3. Concordo contigo plenamente.
    Mas também não acho bem quando os policias vão aos 6 para cima de uma pessoa que está encostada a uma parede. Como vi ontem no telejornal. que os apanhem e os levem presos, tudo bem. Fizeram desacatos e têm de ser punidos. Agora violencia tambem da parte dos policias não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não acho bem. Não gosto de violência de nenhuma das partes. Eu sei que temos sido visto como um povo pacato e que isso irrita muita gente, mas não acredito que se consiga atingir os objectivos pretendidos com violência, não acredito!

      Eliminar
  4. Eu também concordo que não é com violencia que se vão resolver as coisas, mas uma coisa é certa, até agora a passividade e a paciencia das manifestações pacificas não nos tem levado muito longe. Sim é verdade que fizemos cair a proposta da taxa social unica a 18%, mas também é verdade que logo a seguir vieram medidas, se calhar, ainda mais penosas. Em todo o caso não sei o que leva uma pessoa a agredir outra, mas sinceramente a vontade que eu tenho é espetar um murro em cada ministro cada vez que eles sorriem, estão basicamente a gozar com todoum país.
    Quanto aos policias, realmente só estão a fazer o seu dever, só temos de os respeitar, mas que há muitos que abusam da farda que têm vestida há e desses não tenho pena nenhuma. Desculpa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, há de tudo. É óbvio que depois há sempre quem se aproveite destes momentos para fazer o gosto ao dedo, por isso mesmo, o melhor é evitar este tipo de confrontos.
      Eu também tenho vontade de espancar alguém, juro que tenho. Sempre que me mexem no bolso, apetece-me esmurrar a cara de alguém, mas isso é o que nos apetece, não o que podemos fazer.
      De qualquer forma, é como digo, guardem as pedras para os políticos ;)

      Eliminar
  5. Estou totalmente de acordo contigo!
    A questão dos polícias então é flagrante. Eles estão a trabalhar, mas com o mesmo sentimento dos manifestantes. Eles são funcionários públicos, são dos primeiros a sentir os cortes, os agravamentos. Eles esperam meses e meses, para receber horas que estão trabalhadas.
    Violência gera violência, e esse não é caminho para lado nenhum...
    Mas Marta... só não partia os vidros aos carros dos ministros. É que as suas substituições vão para a "nossa" conta de dívidas... ;)
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem visto! Assim sendo o melhor é fazer apontaria à cabeça :)
      Mas...ainda assim, não somos nós que lhes pagamos as despesas hospitalares?

      Eliminar
  6. Concordo contigo, mas estão a pressionar demais e tarda muita gente vai perder a cabeça....

    ResponderEliminar
  7. Mas mesmo assim, os políticos saem sempre ilesos :(
    Quem sofre é sempre o povinho.

    ResponderEliminar
  8. eu percebo o que tu queres dizer, a questão é que um povo revoltado fica irracional. Mas não concordo com as pedras, nem com os que usam máscaras. Acho que tem que ter coragem para mostrar a cara.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Acho que o título está muito bem aplicado e o texto muito bem escrito, e já agora parem de levar pessoas à televisão que façam incentivos à violência ainda que disfarçados atrás de uma carinha laroca e ar de quem não parte um prato.

    É que essa questão das pedras não atinge apenas os polícias, atinge outras pessoas que estão a manifestar-se e jornalistas.

    Eu não concordo com violência nas manifestações.

    Beijo

    ResponderEliminar

Talk to me ;)