quinta-feira, 29 de junho de 2017

Odeio quando...

...no metro, uma pessoa se quer concentrar no livro que está a ler e não consegue porque a cavalgadura, que está sentada no banco da frente, masca pastilha de boca aberta e faz um barulho para lá de irritante. Pior que isso é quando começa a fazer e rebentar balões.

Não, não era uma criança.
Tinha idade para levar com um pano encharcado na tromba!

💀💀💀

terça-feira, 4 de abril de 2017

LALALAB – uma experiência 5 estrelas

O melhor vendedor é um cliente satisfeito. Este é o mais verdadeiro slogan de marketing. Mais uma experiência fantástica e como tal, tenho muito gosto em partilhar convosco. 

Esta dica é para os fãs da fotografia em papel fotográfico nos mais variados formatos, para a malta prática que prefere as Apps aos sites e o telemóvel ao computador e, mais que tudo, para a malta que gosta de coisas com muita qualidade a um preço super acessível.
App da LALALAB super prática
Podem visitar o site aqui e descarregar a App para começar a fazer magia com um aplicativo muito intuitivo. Claro que também podem utilizar o site, é à escolha do freguês.

Formatos para todos os gostos
Há tanta coisa giras que o difícil é escolher. Para testar, a minha 1º encomenda foi uma LALABOX com 36 fotografias em formato poloroid (ver as imagens em baixo) e dá para colocar uma legenda e optar pela moldura em branco ou aplicar cor. Mas há mais, muito mais, desde quadros a livros e até imans...espreitem só o que há por lá...
Excelente relação qualidade preço
Pela LALABOX paguei 15,90€+2,99€ de portes ou seja 0,44 € por fotografia. Acreditem que é uma verdadeira pechincha tendo em conta outros sites de onde tenho encomendado algo do género. E entre as minhas experiências com outros sites não é só o preço que salta à vista mas também a qualidade.

Serviço rápido
Fiz a encomenda no dia 29 de Março (quarta-feira), no mesmo dia recebi um e-mail a dizer que a minha encomenda estava a ser processada e no dia seguinte um e-mail a dizer que a encomenda tinha sido despachada sendo que previsão de entrega seria entre dia 03 a dia 08 de Abril. No dia 03 de Abril (2º feira) chegou direitinha a encomenda, ou seja 2 dias úteis depois, directamente de Paris.

Serviço de qualidade
Recebi a minha LALABOX e fiquei apaixonada. Excelente acondicionamento da embalagem, uma caixa linda e a qualidade do papel fotográfico é brutal. No interior da caixa vinha ainda um papel para fazer um coelho da Páscoa em origami e as instruções e uma raspadinha que poderá ter prémio ou não - tudo depende da sorte.
Guardei o melhor para o fim
Se quiserem fazer uma primeira encomenda usem este código – PGHLQ4TV - que vos dá um desconto direito de 5,00€. Aproveitem!!!

quinta-feira, 2 de março de 2017

Podia viver sem Netflix?

Podia, mas não era a mesma coisa.

Depois de conhecer esta pequena maravilha não quero outra coisa. Acabou-se a trabalheira de ter de andar a percorrer todos os canais de séries para agendar gravações. Acabou-se o desespero de ter de ficar uma semana a aguardar o próximo episódio. E, melhor de tudo, acabaram-se os intervalos e as avalanches de anúncios.

As temporadas demoram a ficar disponíveis na plataforma?
Sim, mas não tem mal, há tanta coisa para ver que enquanto se espera uma, vamos vendo outra (e até nem demoram tanto quanto isso).

O pacote que sobrescrevi é o mais barato, o de 7,99€ e chega perfeitamente. Uma vez que este pacote só permite um utilizador de cada vez, cá em casa, quando queremos ver Netflix em dois dispositivos diferentes, um vê em streaming e outro faz download do que quer ver.

Sou super fã e já não sei viver sem esta preciosidade.


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Para mim, o melhor do ano.



Este é, sem dúvida, o melhor filme do ano 2016.

Mesmo não tendo visto todos os filmes nomeados para esta categoria, para mim, este é o meu vencedor.

A Paixão de Cristo (2004) já tinha vindo dar indícios de que Mel Gibson seria um bom realizador e o Apocalypto (2006) veio confirmar isso mesmo. Dez anos depois, Mel reaparece com esta obra magnífica. Devorei o filme e só me apetece ver outra vez.

"Um homem enfrenta corajosamente forças muito superiores a ele, em nome das suas convicções ou daqueles que lhe são mais próximos e queridos, estando pronto para fazer o sacrifício último em nome de umas ou de outros."

MG rules!!!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

O Fim da Inocência


Uma das frases que me fez optar por ler este livro foi: "Alguém realmente sabe o que fazem os adolescentes portugueses quando saem à noite com os amigos?" que li numa review. Despertou-me o facto de se tratar de uma história sobre uma menina "de bem" que se envolve em esquemas de drogas e estranhos jogos sexuais e outros esquemas manhosos devido à utilização sem regras da Internet.
Na verdade, nada me diria que a maioria das cenas narradas têm cenas de sexo detalhadas, tal como se fosse um conto erótico.

Na minha opinião, teria preferido mais detalhes em relação à utilização das redes sociais e do mundo da droga, mais do que as aventuras sexuais com tanto pormenor, mas é apenas a minha opinião.
Acho que é um livro para adultos, sem dúvida.

A minha herdeira ofereceu-me o 1º e o 2º volume, para aproveitar as maravilhas do fantástico slogan "leve 2 e pague 1" em tempo de saldos, mas ainda bem que não se atreveu a explorar o seu interior.

O 1º já marchou, siga o 2º!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Cinematona Especial Óscares


Se o tema é cinema, estou lá! Mais uma cinematona promovida pela Dora do Canal Books and Movies (ver a aqui).

O objectivo era ver, durante o mês de fevereiro, filmes que tenham ganho um Óscar nas seguintes categorias:Melhor Filme, Melhor Actor, Melhor Atriz, Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Argumento Original.

Estas foram as minhas escolhas:

Óscar de Melhor Filme em 2002 - A Beautiful Mind
Óscar de Melhor Actor 2009 - Sean Penn em Mystic River
Óscar para Melhor Atriz 2015 – Julianne Moore em Still Alice
Óscar de Melhor Filme Estrangeiro 2013 – Amour
Óscar de Melhor Argumento Original 2005 - Eternal Sunshine of the Spotless Mind


Nota: Fiz uma pequena batota. O Mystic River e o Eternal Sunchine já tinha visto mas na altura não lhe prestei a devida atenção. Tive de rever e foi como se tivesse visto pelo 1º vez.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Nexus 6P


O último Google phone da geração Nexus está comigo desde o inicio do ano, o magnifico Nexus 6P com o seu processador Qualcomm® Snapdragon™ 810 v2.1, com oito núcleos a 2,0 GHz e 64 bits. Isto parece uma algarviada para quem não domina o assunto, mas para quem não entende basta dizer que é uma bomba.

Tal como a página do Google o descreve “O Nexus 6P foi concebido com um tamanho que se adequa à sua vida e à sua mão.”

Dotado de um ecrã WQHD AMOLED cinematográfico de 5,7 perfeito para jogar, ver filmes e trabalhar com uma clareza impressionante.

E as fotos!!! Este menino tem uma objectiva uma abertura de f/2,0 que permite captar mais luz e imagens super nítidas com detalhes impressionantes.

Tal como no Nexus 5X (que foi passado à minha herdeira) o carregador é USB tipo C que é reversível, o que significa que já não é preciso adivinhar qual é o lado certo. Além disso, é super rápido no carregamento. Permite uma utilização de até sete horas com apenas dez minutos de carregamento. Acreditem!

Resumindo e concluindo, estou muito satisfeita. 

✮✮✮✮✮

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Sem tempo ou sem vontade?

Ultimamente tenho andado a saltar de livro em livro e não consigo acabar nenhum. Não sei se é falta
de tempo ou de vontade.

Já vou no terceiro livro que pego e não consigo acabar. O primeiro foi o da Allende. Depois de ter lido dois livros dela com muito entusiasmo - A Casa dos Espíritos e o Reino do Dragão de Ouro - achei que ia gostar do O Jogo de Ripper. Começei a ler mas ao fim de 50 páginas percebi que a história me estava a aborrecer e passei para o do Domingos Amaral - Enquanto Salazar Dormia. Este também o escolhi porque gostei do que já li deste escritor, mas mais uma vez a história não me cativou e abandonei-o a pouco manos de metade. Não desisti e avancei para algo de novo. Nunca tinha lido nada de J.K.Rowling e o pessoal que devora livros já me tinha dito que era muito bom. Pois que foi tão súbita a vontade de o ler como foi de o largar. Ao fim de 50 páginas já estava a arrastar-me por entre as palavras. Bahhhh...mais um que fica para reforma.


Devo andar mesmo sem vontade de ler, ou então não estou a acertar nas escolhas.
Este ano, o único livro que li de fio a pavio foi o Segredos Obscuros, o primeiro da trilogia Sebastian Bergman. Em casa, tenho uma série de livros para ler mas o único que me apetece ler, é o que ainda não comprei, ou seja, o 2º volume desta trilogia - O Discípulo. Tenho de me aguentar até estar mais baratinho, mas suponho que seja o único que me vá convencer até ao fim.



terça-feira, 30 de agosto de 2016

Em modo...raiva




A malta não se pode queixar quando tem trabalho - dizem! Uma ova! Nada é tão linear quanto isso. Bem sei que num país em que a taxa de desemprego é de 11,2% ter emprego é uma bênção, mas a não é razão para me calar quando vejo injustiças.

Vejo diariamente o comportamento dos meus colegas de trabalho que ganhar muito mais do que eu e fazem uma vidinha santa. Chegam tarde e a más horas, fazem 2 horas de almoço - afinal agora é moda ir ao ginásio na hora de almoço - e assim que batem as cinco horas é vê-los a fugir porta fora.

Depois, para além do comportamento dos colegas, temos o retorno da chefia que se rege pelo "quanto mais fazes mais te peço". Caramba! Mas anda tudo parvo ou quê? E que tal meter a malta na linha, não?
E que no fim, os que levam as palmadinhas nas costas, os maiores, são precisamente os que não fazem a ponta de um corno e que se vestem de lata. Aos olhos dos chefes, são esses os bons, os essenciais.


Arghhhh....só me apetece espancar esta gente!

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Fui selecionada para mais uma campanha da youzz, para experimentar uma dupla perfeita, gelatina com verdadeiros pedaços de fruta.

O meu kit Alsa/youzz™ traz 1 embalagem de 4 unidades de cada um dos sabores das Gelatinas Alsa com Pedaços de Fruta para experimentação e 30 vales de desconto de 0,50 € para distribuir pelos meus amigos.


A minha opinião:
Existem três sabores: Ananás, Pêssego e Morango e os dois primeiros sabores são os nossos favoritos. Embora não seja necessário manter estas embalagens no frigorífico, até porque só as encontras na zona das embalagens de gelatina em pó, eu prefiro-as bem fresquinhas. É um lanche maravilhoso e as crianças adoram. Tão fácil de levar para qualquer lado, tão saboroso…

Mais uma experiência fantástica proporcionada pela youzz.net

E tu? Queres ser um youzzer™? Inscreve-te aqui e insere este código noi4c5gzvf.
Não têm qualquer tipo de custos, só precisas aderir, experimentar e depois passar a palavra :)

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Sai na rifa

Desde que me conheço como gente que oiço a minha querida avó dizer: Quanto mais te baixas mais te veem o rabo! E é bem verdade.

O meu Boss pegou-me de ponta e eu não consigo perceber bem porquê.

Eu ando sempre cheia de trabalho e o tipo insiste em fazer de mim secretária, tipo: imprime os mapas de férias e coloca no placard. Leva-me estas despesas ao secretariado. Imprime isto, imprime aquilo!!!

Ó pá! Não é que eu tenha algum problema em fazer o que ele me pede, não é desprestigio nenhum, a questão é que eu ando sempre atrapalhada com as minhas tarefas (e que não são poucas) enquanto o pessoal que divide a ilha comigo não faz a ponta de um corno! Pardon my french!

O tipo que está à minha esquerda entra às 10h00, sai às 17h00, faz 2 horas de almoço e, pior que tudo, não para 1 minuto no lugar dele pois passa a vida ao telemóvel a fumar na entrada. Depois temos a minha colega da frente que passa o dia inteiro a falar com o colega do lado. O DIA INTEIRO!!! E o tipo vê isto, porque está na mesma sala que nós, e pede-me estas coisas mim.

FONIX!!!! Mas o que é que este gajo tem contra mim???
É o que faz ser pontual e assídua, respeitadora, educada, disponível e organizada.

Que m*rda de país que temos, em que não há meritocracia.
No meu departamento os que menos fazem são os que recebem menos para fazer.

Báhhh!!! Nunca mais me sai o EURO MILHÕES.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

segunda-feira, 18 de abril de 2016

RU TALKING 2 ME?


HI… HRU? SRY IM GOING 2 B L8 2NITE. CANT LEAVE TILL 8. WAN2 EAT L8R? PLZ TXT ME IF U CAN B4 6. G2G. T2UL8R

Perceberam? Se sim, então este post não é para vocês. Se não perceberam eis o que o texto de cima realmente quer dizer.

Hi, how are you? Sorry, I’m going to be late tonight. Can´t leave till 8. Whant to eat latter? Please text me if you can before 6. Got to go. Talk to you latter.

E ainda neste contexto, aqui ficam alguma abreviaturas em inglês que são utilizadas, principalmente, na troca de mails e conversações online (FCBK, Gtalk, WhatsApp, etc). De certo que reconhecem algumas.

AKA - Also Known As (Também conhecido por)
AFAIK - As Far As I Know (Tanto quanto eu sei)
AFK - Away From The Keyboard (Longe do computador)
ASAP – As Soon As Possible (O mais rapidamente possível)
BBL - Be back later ( Volto mais tarde)
BBS - Be Back in a Second (Volto num segundo)
B4 – Before (antes)
BRB - Be Right Back (Volto já)
BTW - By The Way (A propósito…)
FAQ - Frequently Answered Questions (Respostas às perguntas mais frequentes)
FYI – For Your Information (Para tua/sua informação)
FYEO – For Your Eyes Only (Apenas para os teus olhos)
GTG ou G2G - Got to go (Tenho que ir)
HTH - Hope This Help (Espero que isto ajude)
IAE In Any Event (De qualquer modo)
IMHO - In My Humble Opinion (Na minha modesta opinião)
IMO - My Opinion (Na minha opinião)
JK ou JJ – Just Kidding ou Just Joking (a brincar, na brincadeira)
LOL - Loughing Out Loud (Rir às gargalhadas)
NFW - No Fucking Way (Nem pensar nisso, de jeito nenhum)
NP - No Problem. Tradução (Sem problema)
NRN - No Reply Necessary (Não requer resposta)
OMG - Oh My God (Oh Meu Deus)
OTOH - On The Other Hand (Por outro lado)
PVT – Private (privado, pessoal, particular)
ROTFL - Rolling on the Floor Laughing (Rolando no chão de tanto rir)
YGM - You Got Mail (Ver o e-mail)
TIA - Thanks In Advance (Antecipadamente grato)
TTYL - Talk To You Later (Depois falamos)
2DAY – Today (Hoje)
2MORO – Tomorrow (Amanhã)
2NITE – Tonight (Esta noite)

terça-feira, 12 de abril de 2016

Compal Veggie

Recebi uma caixa enorme e pesada. Não fazia ideia do que lá vinha dentro, embora soubesse que seria da Compal. Quando abri a caixa fizemos Ahhhhhhhh em uníssono. Que kit de experimentação fantástico.

O kit consiste em 3 embalagem COMPAL VEGGIE de 1L de Tomate, Multi Veg e Beterraba Maçã; um 1 copo; 1 cocktail set (composto por 1 shaker, 1 doseador, 1 coador e 1 colher); 1 carta de sugestões COMPAL VEGGIE.

Este fim de semana vou experimentar fazer alguns dos cocktails que estão na carta de sugestões Compal veggie que parecem ser uma delicia.

E tu? Queres ser um youzzer™? Inscreve-te aqui e insere este código noi4c5gzvf.
Não têm qualquer tipo de custos, só precisas aderir, experimentar e depois passar a palavra :)

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Dicas de Roma

Da primeira vez que fui a Roma, não partilhei as dicas de viagem, mas desta vez. não tem como falhar. Vou tentar ser o mais sucinta possível, de qualquer forma, este post é de leitura obrigatória para quem vai de viagem e quer levar as coisas mais ou menos planeadas.

Meteorologia
E há lá coisa melhor na Europa que o calor mediterrânico? Cheguei a apanhar 22 graus, em pleno mês de Março. De noite estava sempre mais fresco, mas as temperaturas nunca eram inferiores a 10 ou 12º. É bom acompanhar os boletins meteorológicos nas semanas que antecedem a viagem, para perceber a variação das temperaturas máximas e mínimas para poder ir de viagem devidamente preparados.

Moeda
Euro! Viva a Europa. Não há problema com câmbios nem taxas de moeda estrangeira. Ainda assim, levei dinheiro de Portugal para não ter que andar por lá a fazer levantamentos. Só usei o cartão para pagar o hotel e as compras no Duty Free.

Idioma
Il migliore è quello di imparare a parlare italiano! Os italianos deviam ser simpáticos, é certo, não fossem latinos, mas a verdade é que a maioria é nariz empinado e alguns são até mal criados e antipáticos. É meio caminho andado se derem uns toques em italiano porque os desarma. Muitos não gostam/ não falam inglês e se perceberem que nos estamos a esforçar em parlare italiano, tornam-se mais acessíveis.

Hotel
Fazer as reservas no Booking já se tornou um hábito, até porque tenho ficado sempre bem servida. Optei por ficar no Hotel Julia, onde fiquei da primeira vez que fui a Roma. Fica a 2 minutos a pé da estação de Metro Berberini e a 5 minutos a pé Fontana di Trevi. Foi o melhor que consegui tendo em conta localização/qualidade/preço.

Do aeroportoFiumicino para Roma
Optei por ir de comboio até Termini, com Trenitalia – Leonardo Express. A viagem dura 30 minutos e custa 14 euros €. Se apanharem lugar sentado, a viagem faz-se muito bem. Em Termini é só apanhar o Metro para a área do vosso hotel, no nosso caso seguimos para Berberini (linha A).

De Roma para o Aeroporto
Em conversa com o recepcionista do Hotel, chegamos à conclusão que ficaria 2 € mais barato ir de "Taxi". Mas o "Taxi" era um carro particular em serviço do Hotel. De qualquer forma, a viagem para além de mais barata (60 € de "Taxi"/ 62 € de transportes para 4 pessoas) foi também mais confortável, já que não foi necessário andar com as malas de um lado para o outro nos transportes públicos. Vale a pena confirmar com o hotel onde estiverem hospedados se eles vos "contratam" transporte de volta ao Aeroporto.

Metro
Para quem vai fazer apenas uma ou duas viagem por dia, basta um BIT que custa 1,50 € e é valido por 100 minutos. Existem opções de bilhetes diários mas o mais barato custa 7,00 € e dá para 24 horas, mas só compensa se fizermos mais de 5 viagens de metro por dia, o que me parece inviável se a ideia é aproveitar a cidade ao máximo. Para agilizar o processo, convém ter trocos para as máquinas de aquisição de bilhetes.

Restauração
Comer em Roma pode ser caríssimo, por isso, há que fazer uma ronda aos preços para poder comprar e optar pelo que nos é mais favorável ao bolso.
Atenção à taxa de serviço e aos locais que utilizam comida congelada, por norma, esta indicação consta na carta.

Compra de bilhetes na net
Sugiro que comprem os ingressos pela internet. É certo que todos os sites cobram um fee sobre a compra, mas acreditem que valem bem a pena quando se aperceberem das filas para quem vai comprar bilhete no local.
Para ajudar, deixo o link de cada um dos sites onde comprei os meus bilhetes:
Museu Vaticano
Galeria Borghese
Coliseu + Palatino + Fórum Romano 



Para quem quiser mais pormenores dos nosso circuitos diários, aqui ficam os nossos diários de bordo.

Circuito 1º dia
Chegámos ao Hotel por volta das 15h00. Fizemos o check in e, depois de largar as malas nos quartos, zarpamos para o nosso primeiro passeio. Como podem ver pelo mapa, o nosso percurso passeou pela Fontana di Trevi, pelo Panteão e Piazza Navona. Pelo caminho passamos por ruas cheia de movimento, pois o nosso trajecto foi feito pela zona pedonal.

Notas adicionais mas igualmente importantes:
No primeiro dia jantámos na Piazza Navona, no restaurante Panzione. Restaurante tipicamente italiano, com esplanada, aquecimento a gás, velas sobre a toalha aos quadradinho branca e vermelha, acesso a wifi e música ao vivo de uns fulanos que tocavam na praça. A comida óptima, pastas e pizzas...uma maravilha. Para beber, pedimos água e como veio para a mesa uma garrafa de vidro (0,75 l) que parecia reutilizada, pareceu-nos ser água da torneira, o que acontece em alguns países da Europa. No final bebemos duas garrafas e pagámos 8,00 €, Sim, 8,00 € por 1,50 l de água. Um roubo! Com a conta chegou também um extra de 14 euros de taxa de serviço. Aprendemos a lição e nas seguintes refeições fomos mais "contidos".

Circuito 2º dia
O objectivo era estar no Museu do Vaticano às 09h00. Fomos de metro até Ottaviano e que fica a uns minutos da entrada do Museu, mas como podem ver pelo mapa, demos uma volta maior, mas até foi bom porque ao fazer o caminho ao longo da muralha, deu para perceber que a fila para a entrada sem bilhete era gigante. Nós, entrámos em 5 minutos. Existem dois percursos a fazer no Museu, o percurso curto e o longo. O curto serve para quem quer chegar mais depressa à Capela Sistina, mas se tiverem tempo, façam o percurso maior, vale bem a pena. Saímos e voltamos a fazer a muralha, agora no sentido da Praça São Pedro, com o objectivo de visitar a Basílica. A entrada é gratuita e pode fazer fila para entrar, por causa do detector de metais.

Saímos do Vaticano em direcção ao Castelo de Sant´Angelo, o que se faz em 10 minutos. Atravessamos a ponte e fizemos o percurso pelo rio até à Piazza del Popolo. Ao todo, andámos quase 3 km. Se o tempo estiver ameno o passeio faz-se muito bem e sempre se fica a conhecer a zona ribeirinha de Roma.

Agora reconheço que o que programei para este dia foi puxado. Este último caminho custou-nos bastante e estávamos tão cansados que quase que desistimos, não fosse ter os bilhetes comprados. A área do jardim é enorme, como podem ver no mapa e entrámos do lado oposto à Galeria, mas era essa a ideia, par podermos aproveitar o passeio, mas fica a sugestão de optar por colocar a Vila Borghese para um dia menos puxado a nível físico.
A Galeria é de visita obrigatória para quem gosta de arte, acreditem. Valeu a pena a compra antecipada dos bilhetes, pois raramente há bilhetes para o dia e, naquele caso, estavam já esgotados para os dois dias seguintes.
De regresso ao hotel, fizemos o caminho pela Via Pinciana até à estação de metro Spagna, o que demorou mais uns 20 minutos a pé. Ao todo, fizemos 27 kms.


Circuito 3º dia
Uma vez que o bilhete dá para as três áreas marcadas, optámos por começar o percurso pelo Coliseu. Primeiro porque têm uma estação de metro mesmo ao lado e segundo porque queríamos entrar cedo por causa das filas. Uma vez mais compensou ter os bilhetes já comprados, entrámos num instante.
Do Coliseu passámos para o Palatino, passando pelo Arco di Constantino e terminamos no Fórum Romano.

Ainda no Fórum Romano, começou a chover, felizmente foi o único dia. Estávamos de impermeáveis, mas sem chapéu e o resultado foi uma bela molha. Já na Piazza Venzia, encontrámos um restaurante super porreiro, com uns menus de prato e bebida a 9,90€ que é coisa rara por estas bandas. O local muito confortável, quentinho, com staff muito simpático e a comida feita na hora e muito saborosa. Fica a dica.

Depois de almoçar, tivemos de regressar ao Hotel para tomar um banho e mudar de roupa. A cidade de Roma é tão, mas tão poluída que a água da chuva estava suja e a nossa roupa ficou num estado lastimável. Depois, reparámos que os carros ficaram imundos, depois da chuvada.
De volta à rua, seguimos caminho para a zona do Circo Massimo, que só vimos de longe do alto do Palatino. Ao fim de 750 m encontrámos a famosa Bocca della Verità, mas com a enorme desilusão de não poder colocar a mão e dizer uma mentira. É que o monumento está numa zona cercada de grades que encerram 17h30 e nós chegámos às 17h39. Sim! Foi um galo e tanto.

Circuito 4º dia
Com o objectivo de visitar a Arquibasílica de São João de Latrão, fomos de metro S. Giovanni. Mais uma vez chegámos cedo, pelo que foi possível visitar a igreja sem grande confusão. Quando saímos, já estava a entrar muita gente. Depois seguimos o jardim até à Basílica de Santa Cruz de Jerusalém que é também muito bonita.

No 5º e último dia, uma vez que o check out era feito antes do 12h00, aproveitamos a manhã para fazer um último passeio, muito à semelhança do primeiro dia. De regresso ao Aeroporto, ainda passei pelas brasas. A zona comercial do Fiumicino não é grande coisa, o da Portela é bem maior e com muito mais oferta, mas serve sempre para comprar os típicos chocolates de viagem, que na minha humilde opinião já foram bem mais baratos. Hoje em dia é tudo caríssimo.

E é isto! Entretanto já estou a pensar na próxima :)

Espero que as dicas vos sejam úteis.

quinta-feira, 17 de março de 2016

quarta-feira, 16 de março de 2016

Quem te avisa...

Ontem levei na cabeça por causa do último post. A minha amiga do peito, que mesmo longe está sempre por perto, ligou-me e disse-me poucas mas boas em relação ao que escrevi aqui. Fui parva e acabei por lhe dizer que mais valia escrever em anonimato. Ninguém gosta de ouvir verdades.

Se a M. tinha razão? Claro que sim! Eu sei que ela tem razão, afinal, esta coisa preta no meu peito já devia ter desaparecido há muito. O sentimento não estava morto, mas sim dormente e foi reavivado pelas variadíssimas imagens espalhadas pelas rede socais, que espelham a felicidade que o dito vive no momento com a outra.
Bahhh, bem sei que deveria estar-me a borrifar para estas coisas, mas quem não se sente não é filho de boa gente e a mim, incomoda-me a valer. Principalmente porque este fulano tinha horror em se expor em redes sociais e agora dá nisto....é FCBK, é Instagram, é Twitter, só falta aparecer numa reportagem na CMTV.

M, eu estou em franca recuperação, mas até estar completamente free, deixa-me espumar pela boca à vontade, afinal tristezas não pagam dívidas mas DESABAFAR FAZ TÃO BEM À ALMA.

...provavelmente este será o último post sobre o tema...vou-lhe fazer o enterro, entrar de luto e volto depois de umas merecidas férias, com coisas bem mais interessantes para vos contar.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Assunto para valentes!

Houve uma altura em que por aqui só se escrevia coisas complexas, como são os assuntos do coração. Desengane-se quem pensa que esta coisa dos amores é para meninas! É para valentes, isso sim, porque quanto maior é o amor, maior poderá ser em queda. É da queda que vos vou falar. Do autêntico esbardalhanço, se me permitem o termo. Eu, por exemplo, tenho imenso jeito para a queda, de tal forma que estou a pensar tirar um Pós-doc.

Esta coisa de dizer: Ah e tal...já me passou, nem penso no gajo.
Tretas! Tudo tretas! Há que os ter no sítio e reconhecer que, de vez em quando, ainda ando de joelhos, a chorar baba e renho, por algo que se foi há muito. Não confesso, assumo! Sim. Odeio-o de tanto que gosto. Ainda gosto dele. Assumo que sempre que posso espreito como vai, o que faz, pelo menos do que partilha. Malditas redes sociais, são tão boas, tão boas que nos mostram mesmo o que, aparentemente, está escondido. Já dizia o outro, gato escondido com rabo de fora. Desprezo-o tanto que não me consigo afastar. Estas coisas do coração não são para fraquinhos, pois há que ter um estômago forte para vê-lo ao lado da "outra" que agora assume o papel de "a tal", ou the special one (em inglês soa sempre melhor). Depois vem a amiga e diz: Mas porque é que vais à procura se sabes o que vais encontra? Ó senhores! O humano é um ser estranho. O que fazer quando a cabeça diz uma coisa e o coração outra? É que este gajo (o coração) têm vontade própria. Não há maneira de o meter na ordem.

Eu sei, eu sei, isto passa! Mas primeiro que passe...it´s a bitch! 

quarta-feira, 9 de março de 2016

segunda-feira, 7 de março de 2016

Saborista


Já ouviram falar no Saborista?

O SABORISTA é uma loja online que promove uma relação privilegiada do consumidor com as tuas marcas preferidas.No SABORISTA, acessível em www.saborista.pt, podes encomendar os produtos da SUMOL+COMPAL e parceiros e recebê-los em casa, sem custos adicionais. 

Todos os meses são lançadas edições exclusivas e limitadas das marcas presentes na loja para oSABORISTA - os chamados “Exclusivos”. Estas edições especiais pretendem dar ao consumidor experiências únicas, misturas originais, ingredientes raros ou reeditar sabores que marcaram a histórias das marcas. 

Fiz a minha encomenda e fiquei positivamente surpreendida pela pontualidade e simpatia.
Gosto de serviços de excelência. Bravo Saborista!!!

sexta-feira, 4 de março de 2016

Um olho no burro e outro no médico!

Na sexta-feira passada, a minha filha aleijou-se num joelho. Anda sempre a dançar Hip-hop e num dos seus moves sentiu um estalido no joelho que a fez ver estrelas. Ainda pensei que lhe passasse durante o fim de semana, com gelo e algum descanso, mas a dor permaneceu, por isso, resolvi ir ao Hospital com ela, mais que não fosse para que lhe receitassem um analgésico ou algo do género. 
Na 2º feira, fui ao Hospital da Luz e detestei! Falta de organização, indisponibilidade dos funcionários da recepção (chegam mesmo a ser arrogantes) e até mesmo a pressa do médico ortopedista em colocar a minha filha numa sala de operações. O médico mal lhe viu o joelho e passou logo uma prescrição para uma ressonância magnética. Fiquei tão surpreendida com o "despacho" que não fiquei convencida. 

No dia seguinte, fomos à CUF da Infante Santo que, para além do excelente atendimento, faz as coisas pela ordem certa. Passamos pela triagem, algo que pelos vistos não existe no Hospital da Luz, de seguida fomos atendidas por uma médica de serviço permanente, super atenciosa, que depois de fazer o despiste necessário e observar o joelho, solicitou um raio-x. 

Resultado: a minha filha tem um osso do joelho em calcificação, normal para a idade. Magoou-se e tem partes moles inflamadas. Nada que um anti-inflamatórios não resolva.

Imaginem se vou na conversa do outro fulano!

quarta-feira, 2 de março de 2016

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Varoufakis e Lord Voldmort

É impressão minha ou é focinho de um, tromba do outro? LOL

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

É incrível...


a quantidade de produto que se desperdiça se deitarmos fora uma embalagem, quando já a espreme-mos até ao limite (achamos nós) e não sai nada. Cá em casa, não há embalagem que vá fora, sem antes ser cortada ao meio.

No poupar está o ganho!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Queres? Compra!

Se há coisa que não gosto de emprestar são os auriculares. Não gosto mesmo! De tempos a tempos lá vem alguém, no trabalho, que diz: Alguém tem um phones que me empreste? Eu tenho sempre os meus comigo, na bolsinha, e uso quando preciso, mas recuso-me a emprestar. Não empresto e também não uso os de outra pessoa. E a malta ainda fica ofendida, acham normal?
Eu cá não sou obrigada a usar uma borracha que já esteve no ouvido de terceiro, ainda para mais quando são meus. Há coisas que não se emprestam e os auriculares são uma delas.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Água Micelar da Garnier


Fui seleccionada para mais uma campanha da youzz. Adoro experimentar produtos novos. Já tinha ouvido falar mas nunca comprei, talvez porque achasse que entre isto e o tónico de limpeza não havia grande diferença. A verdade é que comecei a usar ontem e vou continuar a usar para sentir a diferença na primeira pessoa. Ideal para mim, que pinto os olhos todos os dias!

O kit GARNIER Água Micelar/youzz™ trouxe consigo 1 embalagem de 400 ml e 5 amostra fantásticas e 5 vales de desconto de 2,00€ cada. Experimento eu e as minhas amigas. Tudo para ter um pele limpa e hidratada.

Mais uma experiência fantástica proporcionada pela youzz.net

E tu? Queres ser um youzzer™? Inscreve-te aqui e insere este código noi4c5gzvf.
Não têm qualquer tipo de custos, só precisas aderir, experimentar e depois passar a palavra :)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

And the winner is...


O meu Boss, nos primeiros dias do ano divulgou uma novidade. No final do mês haveria uma votação para eleger o colaborador do mês. Confesso que por momento achei um bocado ridículo, porque me fez lembrar aquela coisa fatela de empregado do mês que se vê nos restaurantes de fast-food. Acho até que ninguém levou muito a sério. A verdade é que hoje, chamou-nos à sala de reuniões e relembrou-nos que era tempo de votar no colaborador do mês de Janeiro. E não é que ganhei! Fiquei em 1º lugar por um voto, pois o 2º mais votado estava mesmo, mesmo no meu alcance. Como diz o outro: faltou-te um danoninho! LOL

E o prémio? Perguntam vocês…

Ah ah…deixei o melhor para o fim. O prémio é um bilhete duplo para assistir de camarote a Florence + The Machine no MEO Arena. E sim, leram bem, num camarote com requintes de VIP!

Isto não é para quem quer mas sim para quem merece ah ah.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Toma nota!

Convém evitar três acidentes geométricos na vida: círculos viciosos, triângulos amorosos e bestas quadradas.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

URBAN BIJU CAT

Gosto de bijuteria e confesso que tenho muito mais do que o que na realidade preciso, mas cada maluco com a sua mania. Eu até tive de arranjar uns "cabides" próprios para colocar as dezenas de brincos que tenho (aqui). Para tentar amainar este meu comportamento compulsivo, resolvi começar a fazer a minha própria bijuteria. Agora, em vez de uma mania, tenho duas. Até já arranjei um mini atelier e tudo ah ah! E agora faço de tudo, ele é brincos, colares, pulseiras e até porta-chaves.