quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Olhar cinematográfico |52|

Captain Phillips (2013) 10/10«
Este thriller faz-nos tremer de emoção. Um filme de Paul Greengrass, com seis nomeações na 86ª edição dos Óscares, incluindo Melhor Filme. Pena que nestas seis nomeações não estejam incluídos os prémios de Melhor Realizador e Melhor Actor, seriam igualmente merecidas tanto para o realizador como para o Tom Hanks que muito me surpreendeu neste papel. Baseada numa história verídica, esta longa-metragem dá-nos a conhecer um episódio da vida do Capitão Richard Phillips, quando o navio de carga, por si comandado, US MV Maersk Alabama, é tomado de assalto por piratas da Somália. Dotado de uma narrativa empolgante, este filme consegue envolver-nos por completo, levando-nos a sentir alguma empatia com um dos piratas, Muse (Barkhad Abdi), devido à sua inexperiência e ingenuidade. Este foi o filme mais intenso que vi nos últimos anos.

Gravity (2013) 7/10«
Mais um nomeado para Melhor Filme. Recebi muitos alertas de que deveria ter ido ver ao cinema mas...desrespeitei as opiniões de quem sabe o que vale a pena ver numa tela gigante e cedi ao home cinema. Uau! Que imagens incríveis. A fotografia do filme não poderia ser melhor. Há um encantamento perfeito, uma harmonia tal que, mesmo em casa, me deixei absorver por um espaço t
Sem querer desvendar muito, até porque o trailer diz tudo, preparem-se para um silêncio aterrador. Uma solidão inimaginável. É isto! O filme é isto. Despertem todos os vossos sentidos e deixem-se levitar. Um bravo para a menina Sandra Bullock, já com uma nomeação para Melhor Actriz, que me surpreendeu neste papel solitário, já é tempo de deixar as comédias de lado.

In the Land of Blood and Honey (2011) 8/10«
Esta é a história de um romance entre um sérvio e uma muçulmana. Os dois, envolvem-se antes da guerra e reencontram-se mais tarde, durante a Guerra da Bósnia. Danijel (Goran Kostic) filho de uma alta patente das tropas Sérvias, é empurrado para a guerra sem apelo nem agravo. Revoltado com o que lhe é imposto, encontra Ajla (Zana Marjanovic) no campo de concentração. Realizado por Angelina Jolie, este filme é um retrato chocante de mais um genocídio grotesco, que nos deixa com um nó na garganta.

The Hunger Games: Catching Fire (2013) 5/10«
Desilusão. É primeira palavra que me vêm à cabeça quando penso neste filme. É verdade que o elenco é de peso, que a nossa Jennifer Lawrence continua muito bem no papel de Katniss, mas não há nada de novo. Nada! A adição de Philip Seymour Hoffman neste elenco não faz qualquer diferença, já que o seu contributo foi quase nulo e se o truque era um suposto crescendo, já contando com o próximo filme (The Hunger Games: Mockingjay - Part 1) já vão tarde pois este já não está entre nós. A única coisa que me continua a deslumbrar neste filme, tanto quanto no anterior, é o guarda-roupa. Simplesmente fantástico.

The Kid with a Bike (2011) 7/10«
E para terminar, um filme espectacular, com uma enorme tensão emocional.
Os irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne, contam-nos a história de Cyril (Thomas Doret), um miúdo de 12 anos que vive temporariamente num orfanato e que tem como objectivo encontrar o seu pai, recusando aceitar a verdade de que teria sido abandonado. Numa das suas tentativas de fuga, conhece Samantha (Cécile de France), uma cabeleireira que se deixa render pelos encantos do miúdo traquinas e se propõe ao programa de família de acolhimento, para o poder ter com ela durante os fins de semana. Esta relação acaba por ser conturbada para ambos mas Samantha não desiste de conquistar o amor e a confiança de Cyril.

9 comentários:

  1. Gostei do Capitão Philips. Saber que é tudo verdade, faz-nos pensar. Quanto ao Gravidade, estava com mt expectativa e não gostei muito. Tem imagens brutais, mas a historia em si é muito parada. Quanto ao Hunger Games, só o facto de ter o meu Lennyzinho é algo já para adorar (ahahah), mas comparativamente com o 1º, gostei muito mais deste :)

    ResponderEliminar
  2. Vi o Capitão Philips e colou-me ao ecrã. Tem um pouco de exagero pelo meio, mas gostei de ver.
    O Hunger Games, vi o 1 só. E até gostei, no meio daquela fantasia toda. o mr.Bono adormeceu e eu fiquei sozinha a ver (ele já tinha visto). Hei-de ver o 2...

    ResponderEliminar
  3. Não o vi da Angelina e o da bike. Recomendas-me o da bike? Achas que vou gostar?

    O Hanks não foi nomeado para os Oscars porque este ano houve tanto excelente actor, que foi complicado. Mas foi nomeado para os Globos de Ouro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se recomendo do da bike? Sim, claro que sim!
      Como referi é um filme espectacular, com uma enorme tensão emocional. Agora, não sei se faz o teu género...mas ainda assim recomendo.

      Eliminar
  4. vi o primeiro e adorei :):)

    ResponderEliminar
  5. Já vi o Le gamin aux velo e confesso que esperava mais :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixa-me adivinhar...não gostaste do fim? Eu fiquei assustada quando o Cyril caiu da árvore mas depois de recuperar do susto entendi o fim.

      Eliminar
    2. Nem foi o fim. Esperava mais drama. Gostei da ideia inicial dele à procura do pai.
      O filme não é mau mas achei mediano...

      Eliminar

Talk to me ;)