sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Faz tempo que não escrevo aqui.

Sem razão aparente, existe um vazio de palavras. Aos poucos, fui abandonando este local de recreio e deixei de visitar outros locais de leitura. Talvez o verão seja amigo de outro tipo de leituras, mais físicas, não sei…talvez tenha sido mesmo uma questão de inércia, de falta de inspiração. Não importa a causa, mas sim perceber se está ou não na altura de voltar. Quase dois meses depois, apetece-me escrever umas quantas linhas, partilhar umas quantas palavras e algum sentimento. Não sei se é um regresso definitivo ou apenas uma passagem, mas ainda assim, aproveita para “meter a conversa em dia”.

E nos últimos 59 dias…

Mais uma ano de NOS Alive.
Pelo quinto ano consecutivo, estive três dias no passeio marítimo de Algés, para ouvir as minhas bandas favoritas e conhecer outras que não faziam parte da minha playlist habitual. O auge foi o fantástico concerto dos Muse, que já tinha visto no MEO Arena (na altura ainda se chamava Pavilhão Atlântico). Superaram as minhas expectativas e ficou o voto de os rever caso regressem a Portugal.
Sam Smith, o favorito da minha filha, também não se portou mal. Confesso que não é o meu género musical mas que nos proporcionou um bom momento musical.


Fui de férias (1 semana)
Andei entre terras lusas e espanholas, fiz muitos quilómetros entre o Ribatejo e as Beiras e dei por mim em Salamanca (voltarei a falar sobre este belíssima cidade).
Santarém/ Vila Nova da Barquinha/ Constância/ Castelo Branco/ Vilar Formoso/ Cidade Rodrigo e Salamanca.

Estive a trabalhar em Londres (2 semanas)
Um desafio interessante já que aproveitei para visitar todos os locais que falharam na minha viagem em Abril. Aproveitei todos os minutos disponíveis para explorar a cidade com outros olhos, mais do que uma turista, quase que uma emigrante emprestada. A primeira semana passou-se muito bem, o fim de semana foi aproveitado ao máximo, mas confesso que na segunda semana estava a contar os dias para regressar a casa. Volto a abordar este tema mais tarde porque tenho algumas dicas úteis para quem queira viajar para Londres.


A minha Sushi esteve internada
Criou um abcesso no focinho, por causa de um dente partido, e a infecção foi tão grave que teve se ser submetida a uma pequena cirurgia para retirar o dente em causa. Acabou por passar a noite na clínica veterinária, por causa da anestesia, e ainda ficou com uma costura no focinho, que só agora (passados 15 dias) começa a ter um aspecto menos “Frankencat”. Foi um susto valente, porque o veterinário chegou a dizer: Devem estar preparados para o pior! 

Ahhh… e fiz 39 anos. Mais um ano e entro no clube dos “entas”. Passei o meu dia de anos sozinha em Londres, uma experiência que nunca mais irei esquecer.

5 comentários:

  1. Bem aparecida seja!!!

    ResponderEliminar
  2. Welcome back ;)
    Quase nos 40, hã?! Não te preocupes, não dói nada ;)))

    ResponderEliminar
  3. Esperamos que seja um texto que traga vários outros atrelados, porque nós só descobrimos agora o blogue e gostámos do que por cá vimos...
    Esperamos que a gata esteja melhor!
    Votos de grandes felicidades e sucessos!!

    - Ela e Ele, blogue de casal.
    Blogue | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Não percebo porque é que nunca me apareces no meu feed... ou andamos mesmo muito desencontradas (verdade, que também não tenho passado cá muito tempo, mas isto agora, solteira, vai ao sítio...)
    Aniversário sozinha em Londres é capaz de ser mesmo uma coisa para nunca mais esquecer.
    Tenho pensado em fazer uma viagem sozinha... mas não sei se sou capaz. E este ano também já não posso. Para o ano quem sabe.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)