quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Amor em tempos de cólera...(perdão) redes sociais!


Numa das minhas reflexões de vida, resolvi afastar-me de vez de uma pessoa que trago no meu coração há demasiado tempo. Lembro-me que, quando colocamos um ponto final na nossa relação, pedi a todos os santinhos para o levar para longe e o destino assim o quis. Hoje, está a 2 119,4 km de distância e raramente falamos, trocando algumas palavras apenas nas datas festivas. Aos poucos, desde que nos separámos, fui anulando a nossa amizade nas redes sociais porque dei por mim, muitas vezes, a vasculhar qualquer tipo de informação que me permitisse saber mais de si. OMG! Cheguei a este ponto. Saber se adicionou amigos novos no FCBK, ver o que está a fazer através das fotos que publicava no Instagram. Percebi que estava no caminho da desgraça e risquei a nossa amizade destas duas redes, mas sobraram muitas outras e continuei a ter acesso às suas partilhas no Twitter, a ver as suas fotografias no Flickr e a saber o que lê no Goodreads. Percebi entretanto que, inevitavelmente, venho a saber de coisas que me vão magoando, cada vez mais. Chega! Estou na beira de um abismo que se chama obsessão. Não quero saber nada de nada. Não quero saber dele, ponto! Vou ser radical e cortar qualquer ligação virtual que exista entre nós, afinal, foi apenas isso que restou de uma relação que se arrastou no meu peito durante sete anos. Chegou a hora de exterminar estes resquícios de o que quer que tenha existido entre nós. 
Porque eu mereço! Ponto!

3 comentários:

  1. Faz isso! Liberta-te de vez dele!

    ResponderEliminar
  2. Eu também acho que sim :)

    ResponderEliminar
  3. Eu sei que é difícil, acredita! Mas não é impossível ;)))
    Força :))))

    ResponderEliminar

Talk to me ;)