quarta-feira, 27 de maio de 2015

Estranha doutrina

A minha filha está na reta final do seu 9º ano. Com os nervos à flor da pele, anda preocupada com os exames nacionais, que terá de fazer em junho, nas disciplinas de Matemática e Português, e com as melhorias de nota em algumas disciplinas, nomeadamente a História e a Geografia, para as quais quer um 5 garantido.

Hoje, pediu-me para lhe imprimir dois documentos que a professora de Geografia disponibilizou no Moodle (plataforma online de partilha de documentos entre professores e alunos), que servem de auxiliar de estudo. Duas apresentações em Powerpoint cada uma delas de mais de 20 slides. Duas apresentações com um peso brutal de imagens, letras gigantes, páginas com muito pouco conteúdo, enfim, um verdadeiro disparate, uma vez que o tema abordado nas apresentação é, na sua maioria, sobre questões ambientais e ecológicas. Estive cerca de 30 minutos à volta das apresentações a tentar compactar a informação, minimizando a letra e reduzir as imagens, para imprimir gastando metade dos recursos (papel, toner…).Não deveria esta professora dar o exemplo?
Digo eu!


terça-feira, 26 de maio de 2015

E hoje é dia de celebrar...

...as 3 Primaveras da Sushi, que convertidos em anos humanos são 29 anos. Ao contrário da Mia, que é uma gata mais sossegada, a Sushi ainda gosta de brincar e de fazer das suas. Não há rolo de papel higiénico que lhe resista. Parabéns! Muitos parabéns por mais um aniversário na nossa companhia. Venham mais, muitos mais.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Há ursos, mas não moram aqui!


“É sempre assim, desumanizamos o humano quando nos chateamos com ele, chamando-lhe besta, animal, cabrão, macaco, boi, burro, porco; e, quando nos queremos sentir bem connosco, humanizamos o animal de maneira a podermos projectar-nos nele como um espelho distorcido – a inteligência do golfinho, a lealdade do cão, a argúcia da raposa.”

In A Espera de Rui Zink

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Lenços de papel, já ouviram falar?

Ó malta que funga! Ó Malta que anda atacada pelas alergias ao pólen,  ou  mesmo as que estão constipadas pela variação de temperaturas, típicas desta altura do ano. Oiçam-me bem!!!
Apresento-vos os lenços de papel. O vosso melhor amigo, aquele nunca deverá faltar nas vossas malas e bolsos. Parem de fungar, senhores!!! Já não há quem aguente. Arghhh ranhosos!

Eu também estou com corrimento nasal por causa da alergia, mas garanto-vos que ninguém me ouve fungar, porque o pacote de lenços anda sempre comigo.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Print My World

Como sou fã de fotografias, em todas as formas, desta vez resolvi experimentar o Print My World e fiquei satisfeita com a encomenda recebida. Este site propõe transformar as nossas fotografias da app Instagram em papel, cartão, íman, molduras, telas e muito, muito mais. Entre a vasta oferta que dispõem, optei pelos quadrados grandes em papel (grosso, tipo cartão 24 imagens = 10€).
Aqui está a minha primeira encomenda.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Blush

Sem querer transformar isto num blogue de...coisas menos úteis (ia dizer paneleirices mas depois achei que não ficava bem), continuo a considerar um prazer partilhar convosco as boas aquisições que vou fazendo. Afinal, tempo é dinheiro e eu não gosto de desperdiçar nenhum dos dois.

Não que a marca me pague ou ofereça alguma coisa para que os publicite por aqui, mas a verdade é que tenho comprado uns produtos muito jeitosos na Kiko.

Deixem-me gabar este blush de dois tons, simplesmente, fa-bu-lo-so! Comprei em promoção e não o voltei a encontrar por lá, o que é uma pena, porque quando este acabar, lá ando eu às voltas para encontrar outro que seja ideal para o meu tom de pele.

Se o encontrarem, não o deixem fugir. Agarrem-se a ele com unhas e dentes.




terça-feira, 12 de maio de 2015

Goodreads

No ano passado, registei-me no Goodreads, por indicação da minha blogoamiga Dora (que já não "bloga" mas que foi aqui que a conheci). Esta rede social, dedicada ao prazer da leitura, permite adicionar amigos com interesse em comum, de forma a partilhar novidades na arte das letras.

Para mim, serve não tanto para adicionar amigos, mas sim para poder "controlar" o meu hábito de leitura. Até essa altura andava sempre a adiar dedicar-me a uma série de livros que tinha em casa (e não são poucos). Eu gosto de ler, mas a verdade é que acabo sempre por dedicar os meus tempos livres a outros prazeres (e há tantos) e vou deixando os livros a apanhar pó. Ou melhor, deixava! Desde que me registei neste site que me tenho mantido motivada em cumprir o meu objectivo de leitura. E atenção, não é uma obrigação, é apenas uma forma de motivação.No ano passado li 6 livros. Bem sei que para quem devora livros, este deve ser um objectivo muito humilde, mas para mim, foi um objectivo possível de realizar. Colocar um objectivo irreal é meio caminho andado para desistir a meio. Este, eu sabia que iria conseguir atingir.


Este ano, aumentei o objectivo para 10, se conseguir aumentar 4 livros por ano, não é nada mau. Até à data, já cumpri 60% do meu objectivo para 2015. Neste momento estou a ler A Espera do Rui Zink, um dos meus escritores favoritos, já li quase todos os seus livros.

Durante as férias tenho tendência para ler mais, por isso acredito que seja bem capaz de superar os 10.


sexta-feira, 8 de maio de 2015

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Já ouviram falar de...


...Mixa?

Tive a oportunidade de participar num estudo de mercado cujo objectivo era receber em casa este maravilhoso creme de corpo e usa-lo durante 1 mês. Depois disso, preenchi um questionário online, sobre o resultado prático da utilização do mesmo.
Fiquei fã! É simplesmente o melhor creme de corpo que usei até hoje, O MELHOR! Não sei se consigo descrever por palavras mas só posso dizer maravilhas. A pele fica super hidratada, fresca e com uma luminosidade radiante. Mesmo as zonas mais rebeldes como é o caso dos cotovelos e dos joelhos.

Andei a pesquisar na net, mas parece que ainda não está à venda em Portugal. Só o encontrei em sites franceses. Cheira-me que isto é creme para estar em breve na Wells. Enquanto não chega a terras lusas, vou ali fazer uma encomenda e já venho.