terça-feira, 21 de abril de 2015

Viagem a Londres |4|

4º dia (sábado) 
Rise anda shine! Sábado é dia de Portobello Road. Se estiverem por Londres ao fim de semana, não percam a oportunidade de visitar este mercado de rua. Apanhamos o metro até Notting Hill Gate e percorremos de uma ponta à outra, um dos mercados de rua mais conhecidos e frequentados de Londres. É conhecido por vender peças em segunda mão e antiguidades. Um mimo para quem gosta de coisas vintage. No final da feira, existem muitas "barracas" de comida do mais variado que pode haver. As frutas e os vegetais são de fazer crescer água na boca. O cheiro a comida é tão forte que difícil é resistir em provar uma ou outra iguaria. Os preços são acessíveis, talvez até mais baratos que em Covent Garden. Depois de almoçar e fazer uma comprinhas (bons achados) optámos  por voltar ao Hotel.
Perto do final da tarde, regressámos às movimentadas ruas de Londres, direitinhos a Oxford Circus, para jantar. Não tínhamos nada reservado por isso foi uma sorte encontrar, mesmo ao lado do London Palladium, onde iríamos ver o musical CATs, um restaurante fantástico, o Garfunkel. Gosto sempre de provar um prato típico do local que visito e este foi o local escolhido para provar o fish and chips e para sobremesa Homemade Crumble e o Triple Layer Chocolate Fudge Cake, de comer e chorar por mais. Não se pode dizer que foi barato, mas tendo em conta a qualidade/preço diria que valeu bem a pena. Saímos a rebolar, mas super satisfeitos e ainda deu para dar uma volta pela zona, antes de começar o espectáculo.
A noite iria acabar com o CATs, um dos momentos mais aguardados da nossa viagem. É um musical composto por Andrew Lloyd Webber, que estreou em Londres em 1981, estando por isso em cena há mais de 30 anos. Eu fiquei maravilhada com o espectáculo. As personagens, a história, as letras e as musicas. Adorei! Sugiro vivamente. Tenho a certeza que irei repetir a experiência quando regressar a Londres, já tenho o Lion King na minha lista, só que no futuro vou apostar em lugares mais perto do palco, acho que compensa.

Nota: comprei bilhetes (aqui) para ver o espectáculo. Na minha opinião, compensa comprar online porque tem uma pequena percentagem de desconto ficando mais barato do que comprar no local.

...continua...

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Até eu, que vim de lá há meia dúzia de dias já choro de saudades :)

      Eliminar

Talk to me ;)