terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Oh-oh-oh!


Votos de um feliz Natal para todos. 

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Assunto arrumado!


E declaro, oficialmente, fechada a época de compras de Natal. Atenção, atenção! Centros Comerciais, até para o ano! Não pretendo voltar a meter o meu pezinho em espaços comerciais até acabar o ano. Não há pachorra para lojas à pinha. Agora só me voltam a ver lá para os Saldos.

Felizmente, já comprei tudo o que queria. Este ano, as prendas são para a família e amigos mais chegado. O orçamento foi bem gerido, não houve derrapagem e ainda sobrou muito amor e carinho para dar a quem quiser aceitar.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Toca a meter a mão na massa!

Lembram-se dos biscoitos que fiz o ano passado? Fizeram um sucesso, porque para além de giros estavam deliciosos. Este ano, a minha irmã pediu-me que a ajudasse a fazer biscoitos para ela poder oferecer às professoras e auxiliares na escola do meu sobrinho. O resultado foi um domingo a meter a mão na massa.
Ficaram giros e super gostosos!


 Nota: Há um intruso no meio dos biscoitos, alguém o consegue achar?

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Saí uma factura com contribuinte, se faz favor!

Ó senhores! Eu bem sei que hoje é sexta e que não há maior alegria do que chegar a este dia da semana e saber que teremos três dias de descanso pela frente, é certo, mas ando a espumar pela boca há já uns dias e embora tenha andado afastada deste meio, reconheço que é aqui que consigo exorcizar o diabo do corpo. Preciso desabafar!

Então mas desde quando é que pedir factura é um crime? É que só falta mesmo mandarem-me dar uma volta ao bilhar grande.

Respeito a opinião de cada um em relação a pedir ou não factura com contribuinte, mas a verdade é que é um direito meu como consumidor, por isso, nem imaginam as guerras que tenho tido por ai. Uns porque não sabem tirar a factura com contribuinte (wtf?), outros porque bufam e reviram os olhos com aquele ar típico de: Olha agora! Com contribuinte? Era só o que me faltava! 
Depois há aqueles que não dizendo que não (porque não podem), olham para mim com um olhar de exterminador implacável e refilam entre dentes: Pois...isso tem de ser noutra máquina, que esta não dá para digitar números! - Alô! Não? Então como é que regista o preço das coisas???? Arghhhhh

A verdade é que não há sítio onde falhe. Antes de pagar digo logo que a factura é com contribuinte. É no café, é no supermercado, é no chinês...Sim! Afinal o chinês também tem de pagar impostos, não?

Já fiz um desenho fixe para mandar estampar numa t-shirt.
Que tal?
Imagem criada por mim

É que a brincar a brincar, já detectei dois sítios onde vou com alguma regularidade e onde me passam factura com contribuinte mas depois, estas não são comunicadas às finanças. Curiosamente, um deles é o cabeleireiro onde vou. Não há uma única factura registada por eles. Sabem o que isto quer dizer? É que são daqueles que têm máquinas registadoras "falsas". 
Mas deixa, vou eu inseri-las à lá pata. Não vai a bem, vai a mal.

Se eu pago impostos, porque é que os outros se podem esquivar.
Báhhhh, comigo não! Toma e embrulha!

(suspiro profundo)

Pronto, agora que já desabafei, já posso curtir a minha sexta-feira feliz e contente.