quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Prazer...

Num destes dias em que fui almoçar à messe, já com o tabuleiro na mão, olhei em volta à procura de lugar para me sentar. Escolho sempre um canto junto à janela, principalmente quando almoço sozinha, assim consigo ter alguma tranquilidade para ler o meu livro enquanto como.


Estava eu no mundo do livro, quando um colega se aproxima e diz:

Ele- Olá! Posso fazer-te companhia?
Eu- Com muito prazer!
Ele- Não quererás tu dizer com muito gosto? É que prazer é uma coisa completamente diferente.

Engoli em seco e pensei...de facto...palavras para quê?


5 comentários:

  1. Quem me alertou para isso foi o Manuel Luís Goucha!
    A partir desse dia passei a dizer "muito gosto", ao invés de "muito prazer"!

    ResponderEliminar
  2. Acho que até me engasgava eheheh


    www.tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
  3. Estava certo o colega...
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. olha olha... e ao menos o colega é giro??

    ResponderEliminar

Talk to me ;)