quarta-feira, 15 de outubro de 2014

97...98...99...100

Só mesmo contando até 100. Juro que um dia vou-me passar dos carretos. Já não suporto mais a forma deselegante como o meu Boss me trata. Não há dia nenhum que não transcenda a barreira da má criação. Não que seja ordinário, nunca foi, pelo menos não comigo, mas é irónico, arrogante e tem saídas estúpidas. Há dias que só me apetecia dar-lhe com um agrafador nos c*rnos.
Ainda para mais quando tenho de estar a fazer o meu trabalho e o trabalho da secretária dele que se foi embora há duas semanas. Podia pelo menos mostrar-se grato, pelo facto de dar conta do recado. Modéstia à parte, tenho o trabalho todo controlado, tudo organizado e não faço mais horas do que fazia antes, por isso, estou a revelar uma óptima gestão do meu tempo. Depois, fazendo as contas, sou uma poupança para no orçamento do departamento, afinal, trabalho por duas mas só pagam a uma.
Não fosse eu precisar mesmo deste trabalho...

Haja paciência para aturar este homem.

Se um dia me sai o Euromilhões...ai Boss, tu bem podes fugir da minha frente porque vou virar uma excêntrica com requintes de malvadez.

7 comentários:

  1. Desejo-te muitaaaaa paciência!

    ResponderEliminar
  2. Credo... força com isso !!!!
    Que trabalhar assim é dose arre...

    ResponderEliminar
  3. Como te compreendo... força aí e que te saia o Euromilhões ;))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer que viro uma excêntrica diabólica!

      Eliminar
  4. Gabo a tua paciência! Foi às custas de coisas como essas que eu me pisguei de onde estava! Falta de respeito pelas pessoas...

    Beijinho*

    ResponderEliminar

Talk to me ;)