sexta-feira, 30 de maio de 2014

Hoje...

...é a abertura oficial das festa da cidade de Lisboa. Estaremos em festa durante os próximos 34 dias. Vamos ter de tudo, música, cinema, literatura e teatro, que vão animar as noites da capital e, no dia 12 de Junho, teremos as Marchas Populares e paletes de sardinhas até de madrugada.
Junho é o mês de Lisboa, mês do meu amigo Santo António, do manjerico e dos bailaricos. Vai um pezinho de dança?

Quem quiser participar no evento de abertura das festas de Lisboa, só tem de estar no Rossio às 22h00, para poder "navegar" nas aventuras de Fernão Mendes Pinto. Uma ventura que promete...e depois...bom, depois é festa, festa, festa!

E em jeito de varina...Lisboa é linda!

Imagem retirada da net

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Paixoneta de adolescente

É oficial, a minha filha está apaixonada pelo César Mourão!
Sim, é verdade. Já tinha detectado vários sintomas, mas ontem tive a confirmação. Chegou a casa completamente esbaforida. Dizia: Mãe! Mãe! Não sabes quem encontrei no Chiado, não vais adivinhar. O César Mourão! O CÉSAR MOURÃO!!!! Ahhhhhhhhhh!

Depois de se acalmar a meu pedido, respirar fundo, lá me explicou detalhadamente o que aconteceu. Ela e as colegas de turma, deram de caras com o humorista português, e correram em direcção a ele de braços no ar. Não se livrou de levar com as "pitas". Respondeu as questões que elas colocaram. A B. diz que estava tão nervosa que a única coisa que lhe ocorreu perguntar-lhe foi qual o improviso mais difícil que fez até ao momento. Mais tarde reconheceu que poderia ter feito outras perguntas, mas os nervos deram-lhe cabo dos neurónios. Mas terminou o relato dizendo que o mais importante de tudo é que conseguiu tirar uma foto com ele.

Passou o resto da tarde nisto. A falar freneticamente deste encontro em 2º grau...sempre corada  e com um brilhozinho nos olhos...hum...amor de adolescente é tão engraçado.

E pronto, vai voltar a ver pela centésima vez os seus vídeos no youtube...e a suspirar pelos cantos a comentar entre dentes: Ele é tão fofinho!!! 


Imagem retirada da net

quarta-feira, 28 de maio de 2014

O meu cunho II

É emocionante perceber que as minhas fotografias estão espalhadas por esse mundo fora. Já tinha feio uma pesquisa antes e agora voltei a encontrar mais umas quantas.








É um sentimento que não sei expressar em palavras.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Mais valia estar calada!

Nunca tive problemas em assumir a idade. Tenho orgulho nos meus 37 anos mas irrita-me estar sempre a ouvir comentários de que estou velha ou a caminho disso. Uma das minhas colegas tem mais 17 anos que eu e faz questão de me estar sempre a dizer coisas do género: "Você, na sua idade, tem de começar a usar creme anti-rugas." Eu queixo-me de qualquer coisa e ela diz logo: "Ahhh isso é da idade!" Digo-lhe que está calor na nossa sala e responde prontamente: "Ó Marta, isso já são afrontamentos. Não tarda está na menopausa." WTF!!!

Devo-lhe respeito, bem sei. Para além de minha colega...tem quase idade para ser minha mãe, mas um dia passo-me dos carretos e juro que lhe digo poucas e boas.

E pronto...já desabafei, já me sinto muito melhor.


segunda-feira, 26 de maio de 2014

Faz 2 anos que lhe dei abrigo...

E dois anos depois, celebramos o aniversário de uma gatinha, outrora abandonada, mas com um futuro feliz. Foi resgatada de um telhado vizinho e, embora a sua estadia em minha casa fosse inicialmente provisória (em regime FAT), o amor falou mais alto. Os olhos desta menina encheram-me de encanto e zás! fiquei apaixonada. A Sushi é a gatinha mais meiga que conheço (e comilona também).

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Bracara Augusta II


E um ano depois, regresso a Braga para a grande festa medieval - Bracara Augusta. No ano passado já foi boa e este ano será ainda melhor, já que se juntam à festa dois bons amigos. Malta da velha guarda que se irá reencontrar no coração do Minho. E no Domingo, estaremos no Porto logo pela manhã, para beber um cimbalino, ohhh yeahhh! Este fim de semana promete.

Foto tirada no ano passado em Braga

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Purina ONE My Dog Is...mini |parte 2|

Adivinhem quem é que delirou com a oferta. 
Yap! O Charlie, o meu mini mega guloso.


E tu? Queres ser um youzzer™?
Inscreve-te aqui e insere este código noi4c5gzvf.
Não têm qualquer tipo de custos, só precisas aderir, experimentar e depois passar a palavra :)

quarta-feira, 21 de maio de 2014

terça-feira, 20 de maio de 2014

Mineral water with a twist of lemon

Agora que o tempo convida a ir para esplanadas, ainda para mais em Lisboa onde as há com uma vista fabulosa, só apetece beber coisas frescas. Sabem qual é o meu vício de Verão? Peço sempre uma garrafa de água mineral e um copo com gelo e limão. E é isto. Um prazer simplesmente refrescante. A água continua a ser a minha bebida favorita e com um toque de limão, fica ainda mais saborosa. Bem sei que alguns de vós podem pensar: Então e a bela da loira? Pois, aqui a je não parecia cerveja, aliás não vou à bola com a loira nem com a morena. Bebo menos de meia dúzia de cervejas por ano (em ocasiões muitos especiais) e mesmo assim, só aquela que vem disfarçada com limão (a dita Radler). Depois há as colas, os ice teas e os sumos que de natural têm muito pouco e que não me tiram a sede.

Posto isto, esta é a solução é esta! Mineral water with a twist of lemon (dito assim tem ainda mais pinta).

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Asshole!

Há gente que me tira do sério. Mesmo! Sou obrigada a contar até 100, calmamente, para não ceder à fúria que há em mim. Depois admira-se que faça votos que lhe cresça um cacto no c*.

...97, 98, 99, 100!

E pronto...depois de desabafar, aqui estou eu fresca e fofa para continuar o meu dia, alegre e contente. Fui!

sexta-feira, 16 de maio de 2014

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Ser Benfiquista...


Já dizia Luis Piçarra, ser Benfiquista é ter na alma a chama intensa.

Ser benfiquista é algo que está comigo desde que tenho memória de algum tipo de tendência pelo gosto desta arte que é o futebol. Nunca me considerei uma fanática de primeira, mas tenho a minha quota-parte de jogos assistido na Luz, de saídas para o Marquês de Pombal para celebrar campeonatos, de ter numa gaveta dois cachecóis deste grande clube, de me sentir nervosa nos jogos mais "importantes", principiante quando se disputam finais.

Ontem, decidi ver o jogo com mais dois Benfiquistas, estes muito mais ferrenhos que eu. O meu pai e a minha filha.

Confesso que não entendo muito de futebol, mas vi o jogo atentamente e do pouco que sei fiquei com a certeza que ficaram por marcar pelo menos dois penaltis. Bem sei que o nosso Benfica, perdeu umas quantas oportunidades de furar a baliza do adversário, mas o Beto esteve sempre de olho na bola e deu-se bem nesta final. Quanto ao arbitro, esse, era seguramente do Sevilha, ou isso, ou sofria de grave miopia. Prova disso, foi uma das falta cometidas mesmo nas suas barbas, que teve de ser alertada pelo fiscal de linha e só depois disso, considerada pelo senhor do apito.

Acabar esta final com penalties é como jogar na lotaria...e no fim, ganhou o Sevilha por ter sido mais certeiro. 

No final do jogo, abateu-se o silêncio entre nós. Ficámos especados a olhar para o ecrã, com uma sensação de injustiça. Por pouco a B não chorou. Ficou tão triste que quis ir logo para a cama. O meu pai, libertou a sua frustração com uma mão cheia de nomes que chamou à equipa de arbitragem e eu...arrematei dizendo: Ainda assim, somos os maiores. Somos Benfica!


Ser Benfiquista
É ter na alma a chama imensa
Que nos conquista
E leva à palma a luz intensa
Do sol que lá no céu
Risonho vem beijar
Com orgulho muito seu
As camisolas berrantes
Que nos campos a vibrar
São papoilas saltitantes.



quarta-feira, 14 de maio de 2014

Bron vs The Bridge

Bron: A Ponte
Bron (em sueco) ou Broen (em dinamarquês) é uma série criminal dano-sueca coproduzida por Danmarks Rádio e Sveriges Television. Foi a primeira produção criativa, financiada em parceria pelos dois países. Criada por Hans Rosenfeldt e escrita por Björn Stein, conta-nos a história que gira em torno de um corpo descoberto no meio da ponte que liga ambos os países.

Faz-vos lembrar alguma coisa? Se vos faz recordar a série The Bridge, fiquem a saber que esta versão escandinava é a original. E na minha opinião, bem mais interessante que a versão americana.


Martin (Kim Bodnia) e Saga (Sofia Helin) são dois polícias, um da Dinamarca e outro da Suécia, respectivamente, que cruzarão os seus caminhos através de um crime cometido na ponte que une os dois países. Esta dupla irá dar início a uma investigação que levará à caça a um misterioso psicopata desconhecido que pretende mostrar à sociedade quais sãos os maiores problemas que sofrem os cidadãos desde a exploração infantil, o jornalismo corrupto, a discriminação racial, política...entre outros.

Na versão americana, é Diane Kruger que veste a pele da Sónia Cross, um género de clone de Saga Noren, e Demian Bichir que surge como parceiro policial do outro lado da fronteira (Texas-Chihuahua). Não querendo desprestigiar a actriz e modelo alemã, na minha opinião, a personagem assenta melhor como Saga Noren do que como Sonya Cross. Para mim, a versão Texana não me encheu as medidas, embora tenha visto a temporada até ao fim.

Já tinha referido neste post, a minha preferência pelas versões originais e ainda para mais em sueco, que é uma língua que para mim é tão familiar como o espanhol.

Fica aqui a recomendação de uma das minhas séries favoritas do momento.

terça-feira, 13 de maio de 2014

Diz o roto ao nu...

Imagem gentilmente cedida pela minha amiga Dora.
Tenho andado no lodo com trabalho que nunca mais acaba. E não me interpretem mal mas o problema não é ter muito trabalho, mas sim ter pessoas à minha volta que não fazem um cú! - pardon my french! - nada de nada, rien!

Um destes dias, o Demo passou a manhã inteira a dar dicas à uma amiga de como "educar" uma empregada domestica.

- Olhe! Eu digo sempre à minha empregada o que fazer em cada dia da semana. Sabe que elas não se sabem organizar. Digo sempre, faça isto à segunda e isto à terça...blá, blá, blá...se não for assim a minha empregada fica o dia todo a fazer sabe-se lá o quê...temos de ter pulso forte...se é paga é para trabalhar!

Arghhhh! E que tal aplicar esta sabedoria toda em si própria? Afinal, se a Demo é paga é para trabalhar!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Afreudite

Já tinha ouvido falar em comida afrodisíaca, mas nunca tinha ido a nenhum restaurante do género. Depois de uma pesquisa pela internet sobre esta especialidade, encontrei o Afreudite. O nome resulta da fusão entre a psicologia de Freud e a Deusa grega do amor Afrodite. Um espaço acolhedor, a meia luz, onde os ingredientes têm como objectivo libertar a libido e nos deixar embriagados de paixão. Cada prato veste uma história única e chega à mesa para nos despertar todos os sentidos.

Uma experiência no mínimo interessante. Confesso que estava com algum receio de não ter feito a escolha acertada, pois li na net muitos comentários desfavoráveis, porém, tenho de reconhecer que não consigo encontrar nada que diminua a minha opinião positiva. Situado num local calmo, junto ao rio, envolvido pelo verde adormecido por baixo da ponte Vasco da Gama. Com muito espaço para estacionar.

O restaurante estava vazio, só havia mais um casal, para além de nós. Talvez por isso, não tenho nada a apontar em relação ao atendimento, que nos revelou muita simpatia e total disponibilidade. Quanto à comida, uma verdadeira maravilha. Bem confeccionada e com misturas divinas. Não sei de cor tudo o que comi, já que me distraí com a conversa que reinava na minha mesa, mas recordo-me que haviam uma sementes indianas, picantes, que trincávamos enquanto esperávamos pelo prato escolhido. Eu optei pelo pato com frutos silvestres e puré de batata doce com beterraba. Um manjar dos deuses, acreditem. Em frente ao meu parto, pousou outro igualmente exótico. A sobremesa, que foi partilhada por ambos, era igualmente exótica. Tudo 5 estrelas.




No final, num gesto delicado, um poema para cada um de nós.
Uma noite exótica com um gosto afrodisíaco que nos deixou muitos satisfeitos.
Eu cá, recomendo!

Fotografias retiradas da pagina do facebook do restaurante.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Falsos carenciados

Hoje, ainda mal raiava o Sol, e eu e a minha herdeira já descíamos a rua a caminho do Metro.
As conversas matinais são sempre as mais profundas.

B- Não percebo esta coisa dos subsídios!
Eu- Como assim?
B- A maior parte dos alunos da minha turma têm SACE, por isso, têm direito a refeições gratuitas, livros escolares, não pagam as visitas de estudo...mas depois andam todos com roupa de marca, mochilas Eastpack e telemóveis topo de gama.
Eu -Pois...é o país que temos.

Há por ai muito boa gente a receber o que não lhes é devido.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Purina ONE My Dog Is...mini

Fui seleccionada para mais uma campanha da youzz.net™, desta vez, comida para cães mini. E quem é que fica a ganhar? O meu Charlie e os minis das minhas amigas que vão receber amostras e vales de desconto. 

O Charlie está mortinho por experimentar a nova comida.

E tu? Queres ser um youzzer™? 
Inscreve-te aqui e insere este código noi4c5gzvf. 
Não têm qualquer tipo de custos, só precisas aderir, experimentar e depois passar a palavra :)

terça-feira, 6 de maio de 2014

Desaparecida


Tenho andado desaparecida...é um facto. Isto de ir de férias tem muito que se lhe diga. Foi bom ter ido, mas agora que regressei, tenho paletes de coisas para fazer. Arrisco mesmo dizer que lá no barraco onde trabalho, ficaram todos à minha espera para mexer uma palha. Enfim, mais do mesmo.

A verdade é que não tenho tido um tempinho extra para escrever ou, tão pouco, para visitar os meus locais de culto. A sério que não!
Aliás, para quem possa achar que estou para aqui com tretas...eu tenho tido tantos "trabalhos" que até tenho acidentes com o carro estacionado. Ya! É isso mesmo. Ontem, deu-se um acidente na minha rua e sobrou o meu 4 rodas. Levou com uma mota em cima, que se lixou...ou lixei-me eu...sei lá. Bom, adiante.

Deixem-me meter tudo em ordem e depois então, regresso melhor que nunca (digo eu...)