sexta-feira, 4 de abril de 2014

Olhar cinematográfico |54|


Compliance (2012) 07/10«

"Becky e Sandra não são as melhores amigas. Sandra é uma gerente de meia-idade num restaurante de fast-food, Becky é uma jovem que trabalha ao balcão e que precisa mesmo do emprego. Num dia agitado - clientes a mais, bacon a menos -, um polícia liga a acusar Becky de ter tirado dinheiro da mala de uma cliente, facto que ela nega veementemente. Sandra, dominada pelas suas responsabilidades de gerente, cumpre as ordens dadas para deter Becky. Esta escolha dá inicio a um pesadelo que esbate tragicamente as fronteiras entre conveniência e prudência, legalidade e razão."

Embora este filme, embora seja relativamente recente, ainda não tinha chegado ao meu conhecimento, até que o encontrar num dos blogs que acompanho (tinha a certeza que tinha sido no da Dora, mas parece que estou enganada...e não me consigo lembrar onde onde...). Chamou-me à atenção porque já conhecia a actriz Dreama Walker da série Don´t Trust the B---- in Apartmant 23, que gosto bastante, e pelo facto de ser baseado em factos reais, que também é um dos meus géneros favoritos. Dizem que o cineasta Craig Zobel se baseou em estudos sobre o comportamento humano, que indicam que duas em cada três pessoas se submeteriam a fazer coisas que iriam contra os seus princípios, se forçadas por alguma tipo de autoridade.

Pois que apanhei uma camada de nervos que nem vos digo. É difícil falar sobre um filme sem querer estragar o elemento surpresa, mas esta história tirou-me do sério.
Fica a sugestão.

Boa sexta-feira! ;)

14 comentários:

  1. Parece ser mesmo o tipo de filmes que gosto, ainda para mais uma história verídica! Abriste-me o apetite :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gosto bastante do género, mas revolta-me os fígados.

      Eliminar
  2. Já lá tenho para ver,este fds não escapa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a certeza que vais gostar :9

      Eliminar
  3. Pareceu-me interessante. Valeu a dica :)

    ResponderEliminar
  4. Marta, fazes-me sentir mal..e não sei muito bem o que escrever. Ora vamos cá ver se consigo. Já fui teu seguidor, mas com as alterações de limpeza que fiz, eliminei o teu link... apaguei-o, não porque não gostasse do teu blogue, acho-o muitíssimo interessante, mas porque foi no "arrastão"...Com isto peço que me desculpes, como podes confirmar não aconteceu só contigo, mas falhei e só depois do teu comentário é que me apercebi.
    Agora, que repus a coisa, vou levar-te comigo, sem que antes te deixe um beijinho e um sincero e renovado pedido de desculpas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem problema :)
      Regressaste em boa hora.

      Eliminar
  5. Não foi no meu porque já vi este filme há mais de 1 ano... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dora, eu sei...andei à procura no teu mas depois percebi que foi noutro, mas não me lembro qual. Queria ir lá deixar a minha opinião :/

      Eliminar
  6. Não tinha ouvido falar mas parece-me interessante! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É super interessante, mas deixou-me com uns nervos...

      Eliminar
  7. Adoro filmes que nos deixam c'os nervos!

    ResponderEliminar

Talk to me ;)