segunda-feira, 3 de março de 2014

Um risco controlado


Faz hoje, precisamente, 17 meses que deixei de fumar. Bom, não sei se deva dizer deixei de fumar...talvez seja mais correcto dizer que deixei de manter este vício. Um maço de tabaco dava-me para 2 dias, mais coisa menos coisa. Claro que dependia muito se ia sair ou não, porque à noite, quando ia sair ou jantar fora, um maço desaparecia num ápice. A 03 de Outubro de 2012, numa noite de folia, fumei tanto que cheguei a casa de tal forma enjoada que parecia que ia morrer. A partir daí deixei-me de tretas e aboli o tabaco do meu quotidiano. E porque é que eu digo do quotidiano? Porque continuo a fumar um cigarro de vez em quando (muito de vez em quando) sem que isso me torne novamente uma fumadora activa.

Por exemplo, em Setembro do ano passado comprei um maço de tabaco porque não gosto de cravar (não suporto malta que diz que deixa de fumar, não compra tabaco e depois crava aos amigos). Comprei o maço e pensei: Este maço vai dar-me para imenso tempo.
E deu! No sábado tive um jantar de amigos e fumei dois cigarros, dois cigarros do maço que comprei em Setembro do ano passado. Um maço deu para cinco meses, nada mau.

Continuo a não suportar o cheiro do tabaco, nem de sentir o fumo perto de mim, mas de tempos a tempo, cedo a este "pecado" pontual (muito pontual) e deleito-me com o prazer que me dá. Afinal, é só em dias de festa.

Imagem retirada da net e manipulada por mim.

5 comentários:

  1. Independentemente de fumar assimmm raramente, 17 meses é sempre uma conquista para um vício grande :) Portanto, está de parabéns pelo esforço. E quem consegue 17, consegue mais...agora é sempre a subir :)) Forcinhaaaaaa*

    ResponderEliminar
  2. Eu deixei de fumar há um bocadinho mais, ora deixa cá ver. tinha vinte e cinco anos... e hoje não suporto o cheiro do tabaco. No banco chegava a esconder os maços de cigarros de um colega dentro do cofre. Achas que eu era assim tão mau? O "rapaz" acabou por deixar de fumar, graças a "moi même". "Amusant"?
    :)

    ResponderEliminar
  3. Já diminuíste bem, é o que importa :))

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns!!
    Sempre foi mal de que nunca padeci!

    ResponderEliminar
  5. Menos mal Martita, menos mal. É só continuar! parabéns!

    ResponderEliminar

Talk to me ;)