terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Fruta a mais!

No trabalho as coisas andam calminhas...não tem havido surripianços ao material de economato, nem roupa estendida por aqui, nem tão pouco o maldito do Sr. Castanho voltou a repousar no nosso frigorífico. Sim, é verdade...um Sr. Castanho, dá para acreditar? (relembrar aqui).

Nestes últimos tempos têm reinado a tranquilidade. Temos tido até momentos de convívio e confraternização, enquanto trabalhamos. Tudo seria celestial não fosse o Demo querer papar a fruta da colega. Eu explico!

Eu tenho por hábito trazer iogurtes líquidos, fruta e queijinhos para ir trincando durante o dia. A minha outra colega também traz sempre o seu farnel e fruta é o que não falta. Pois que a nossa querida coleguinha, deixou de trazer as mangas que costumava chupar freneticamente em cima do teclado. Diz que está de dieta e não quer consumir qualquer tipo de açúcar. Ok, ok, cada um sabe de si, nada contra. Agora...não tem que ficar a babar para cima das colegas quando as vê lanchar, certo? É que ela baba li-te-ral-men-te.
Um destes dias, a nossa estimada colega com uma costela de Demo diz para a Felismina (vamos imaginar que se chama assim):
- Ó Felismina, posso comer a sua fruta?
-Hã? - Diz a outra com um ar estupefacto.
- Ai, desculpe lá mas estou cheia de fome e não tenho o que comer, não me pode dispensar pelo menos um dos seus iogurtes? 

É claro que ninguém lhe negou comida mas...WTF??? E começar a levar uma lancheira, não? Faz-me lembrar a personagem que deixa de fumar (dos seus) e depois passa a vida a cravar os cigarros dos outros. Não há pachorra!

É importante referir que à personagem Demoníaca bufunfa não falta e que no piso em baixo dispomos de um bar/messe onde um iogurte custa 0,30 €, onde se vende fruta avulso, maças, bananas, pêras...é só escolher.

Entretanto...já dizia o outro, quem sai aos seus não degenera e para confirmar isso mesmo eis que a figura do Demo remata este dia dizendo:

-Sabe, às vezes esqueço-me de mandar lanche para os meus filhos...o que vale é que eles comem o dos colegas...

Imagem retirada da net e manipulada por mim

8 comentários:

  1. Há com cada personagem por aí.

    ResponderEliminar
  2. Eu tenho um colega de quem gosto muito, mas que o trato por "debulhadora". Isto porquê? Se alguém traz alguma coisa para todos, ele come a parte dele e a dos outros. Não tem consideração.

    ResponderEliminar
  3. adorei a última frase! realmente o miúdo tem mesmo a quem sair..
    r: eu sei que eles são verdadeiros. não é por as coisas, num momento, serem menos fáceis, que vou agora dizer que eles já não são os meus amigos verdadeiros. exactamente, eles não se afastam, pode custar mais um bocadinho, mas não se afastam. obrigada :)

    ResponderEliminar
  4. ahahah Cravar comida alheia é muita lata.

    ResponderEliminar
  5. Coisa feia, mais há gente folgada isto há.

    ResponderEliminar
  6. A fruta da vizinha é mais gorda que a galinha?!...
    :)

    ResponderEliminar
  7. mas que grande lata!!!

    ResponderEliminar

Talk to me ;)