quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Depois da tortura vem o mimo

Ontem fui ao dentista, o meu verdadeiro terror! Não há quem tenha mais medo que eu, tenho a certeza. O medo é tal que me farto de suar na cadeira. Não que passe mal com dores, porque depois da anestesia não à dor para ninguém e nem mesmo a dor da picada da agulha me custa. O que me custa horrores é o som da broca (ui que até as unhas dos pés encaracolam!) e dos objectos metálicos a roçar nos dentes (ai senhores!)...isso sim é o meu verdadeiro pavor.

Bom, a verdade é que ontem estive uma hora na cadeira do terror. Tal foi a tensão que fiquei com o pescoço dorido. Para além disso, hoje, parece que tenho a boca toda amassada. Parece que levei uns quantos socos no meu maxilar e o lábio ainda não está refeito de tanto esticanço.

Mas vá, o que queria dizer é que...neste dias preciso de mimo, mais do que em qualquer outra altura do ano. É aqui e agora que preciso que tomem conta de mim. E foi isso mesmo que aconteceu. A minha filha é a melhor filha do mundo! A melhor!!!

Ontem, quando cheguei a casa, ainda a babar por conta da anestesia (devo ter levado dose de cavalo), fui recebida com todo o mimo que mereço. A B disse:

-Mãe, deita-te um bocadinho, descansa, não te preocupes com nada. Eu faço o jantar! 

E assim foi...ela fez o jantar que me serviu num tabuleiro enquanto eu esticava a perninha no sofá da sala, o que sobrou colocou num tupperware para o seu almoço do dia seguinte, tratou de dar um jeito na cozinha, porque já sabe que não gosto de me deitar com loiça por lavar, e no fim de tudo ainda me perguntou:

-Queres que te vá deitar e te aconchegue a roupa?

Ahhhhhhhh! Agora digam lá, não é a melhor filha do mundo???

Imagem retirada da net e manipulada por mim

8 comentários:

  1. assim vale a pena ir ao dentista, com um tratamento em casa assim :)

    ResponderEliminar
  2. Com um tratamento assim após-dentista, a recuperação pelo "trauma" é bem rápido :) p.s: Eu no dentista fico cheia de dores nos maxilares de estar ali tanto tempo de boca aberta...grr

    ResponderEliminar
  3. Eu não tenho medo nenhum do dentista. PAssei a minha vida quase em dentistas e passa-se bem. Não dói nada. Para além disso, o meu dentista é um betinho que é um borracho! Ehehehe!

    ResponderEliminar
  4. O dentista, por acaso, não me mete medo nenhum. Oh, que riquinha.

    ResponderEliminar
  5. Que fofa. Sou fã da B. Diga isto a ela, por favor. E quanto a ti temos algumas semelhanças e esta é outra na lista. Tenho horror ao som da broca do dentista e cada vez que ele pega um instrumento eu fico muito, mais muito tensa mesmo. O que vale é que meu dentista é cuidadoso, e me trata com jeito, que de certo facilita as coisas.

    ResponderEliminar
  6. Já somos dois então, eu sofro nos dentistas!

    ResponderEliminar
  7. Sobre a tua filha ser a melhor do mundo, não te devo contrariar... também tenho uma dessas.
    :)
    Uma mulher com a boca aberta e sem dizer uma palavra? Só pode ser no dentista.
    Ai! Ui! Essa doeu!
    :)
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  8. E vale mesmo ouro a tua menina, queira Deus que eu tenha uma nora assim...ela tem quantos anos???Podemos arranjar o casamento dela com o meu filho não????Tou a brincar, jinhos para as duas!

    ResponderEliminar

Talk to me ;)