terça-feira, 17 de dezembro de 2013

DIA D

Hoje é um dia pesado. O primeiro dos últimos dias, que vão encerrar de uma vez por todas o que um dia foi a minha equipa de trabalho. Há dois anos éramos 30, todos juntos em Lisboa. Hoje, estão todos espalhados pelo país, alguns até emigraram. Os últimos "sobreviventes" desta dispersão ainda se mantêm no berço mas por pouco tempo, muito pouco tempo. Há quem diga que a sorte é dos audazes, mas...será que estes últimos vão ter mais sorte do que os seus pares, que fizeram as malas e arriscaram tudo para manter o seu emprego?


Ficam as memórias. Das coisas boas e até das menos boas. Da união, do trabalho de equipa. Restam as fotos de tantos eventos que criamos, das festas, das campanhas loucas, dos dias disto e daquilo. Da animação de uns e do empenho de outros. Restam as memórias de um sino que um dia entrou na sala para ficar e que não irá sobreviver ao naufrágio. Sobraram as verdadeiras amizades, as que sobrevivem, mesmo que de longe.

Encerro este capitulo com a minha consciência tranquila. Tal como um bom capitão, fui a última a abandonar o barco. Zelei pelo bem estar da minha tripulação, até ao fim. Não voltei a dormir descansada até que cada um deles encontrasse o seu porto de abrigo. Hoje, mesmo que concluam que esta nova vida não os faz feliz, de uma forma ou de outra, foi possível dar continuação a algo pelo qual lutámos durante tantos anos. O vinculo que todos desejámos é finalmente nosso, mesmo que com um gosto amargo.

Já dizia Epicuro "Os grandes navegadores devem sua reputação aos temporais e às tempestades."

Tudo tem um fim...

Imagem retirada da net e manipulada por mim

8 comentários:

  1. Mau maria. Oh Martinha...

    ResponderEliminar
  2. A mim bastou-me que tivesses recorrido a Epicuro...

    ResponderEliminar
  3. Bem... finais implicam forçosamente novos começos.
    Espero de coração, que sejam bons e prósperos.
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  4. E é assim que se levam os barcos até ao último dia!

    ResponderEliminar
  5. O gosto é um pouco amargo realmente mas a vida é feita disso mesmo, doce e amargo.
    Espero por um futuro mais risonho para todos, tu incluída ;)*

    ResponderEliminar
  6. "Há mar e mar, há ir e voltar". O que não volta é o tempo que passou...
    :(

    ResponderEliminar
  7. Ficam as memórias......

    .....Rebentamentos???.... :)

    beijo grande Marta*

    ResponderEliminar
  8. É a vida, uns vão, outros ficam...e há que continuar de cabeça erguida!!!
    Beijinho

    ResponderEliminar

Talk to me ;)