quinta-feira, 28 de novembro de 2013

E a saga continua


A minha filha fracturou o rádio, na zona do pulso no passado mês de Outubro. Como vos contei aqui, este acidente deu-se na escola, durante uma aula de Educação Física. Desde então que a minha visita ao Hospital da CUF tem sido assídua. Foi o atendimento de urgência, o internamento, a cirurgia, as consultas e raio-x semanais, depois as quinzenais e agora...fisiatria. Tem sido uma correria, pois tenho de conciliar tudo isto com o facto da B. faltar à escola o menos possível. Mas vá, não tenho razões de queixa da assistência médica prestada neste Hospital. O ortopedista que acompanhou o processo foi impecável e ontem, passou o testemunho à fisiatra que irá delinear o tratamento.

Agora, em relação à escola... Nunca vi tamanha displicência.

Todos estes actos médicos que vos refiro neste post, são comparticipados pelo meu sub-sistema de saúde. Felizmente, ainda não tive de pagar um tostão, porém, como o acidente resultou de um acidente escolar, terá de ser a escola a suportar todos os custos associados. Assim, a guerra está montada. Foi pedido um relatório à escola - tirado a ferros - e estes, armados em espertos, declaram no relatório que a responsabilidade do acidente é indeterminada. Ó meus senhores! Tenham vergonha!

A Direcção da Escola não se prenunciou, o professor de Educação Física também não e muito menos a Directora de Turma, que até agora foi incapaz de perguntar se precisa de alguma ajuda. Enfim, em todas as profissões temos disto, bons e mais profissionais. Este ano, não tive muita sorte com a DT escolhida, ao contrário do ano passado que era uma excelente profissional.

Resultado, a escola não se chega à frente, no que diz respeito à responsabilidade e o processo está no departamento jurídico do meu sub-sistema de saúde que irá certamente até últimas instâncias, se for necessário.

Como diz a minha avó:
- Maganos, só com um pano encharcado na tromba!

Imagens retirada da net e manipuladas por mim

7 comentários:

  1. tentam sempre limpar a agua do capote... vergonha!

    ResponderEliminar
  2. Tadinhos dos prof's... precisam de tempo para manif'´s e outras. têm lá tempo para se preocupar com coisas dessas...

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente, é o tipo de pessoas que não assumem as suas responsabilidades!

    ResponderEliminar
  4. Realmente é uma vergonha e cada vez mais se tenta empurrar as responsabilidades para longe com a barriga :(

    ResponderEliminar
  5. Todos a sacudirem a água do capote e ainda não há sinais de chuva...
    :(

    ResponderEliminar
  6. Que aborrecimento. Mas quando se trata de arcar com custos os responsáveis dão no pé. Isto acontece muito, infelizmente gera aborrecimento em cima de aborrecimento. Lamento amiga. Difícil tudo isto, ainda mais com filho, as coisas são mais sentidas.

    Beijinhos nas duas, e que tudo possa ser resolvido no melhor para ti, e no que é de fato devido.

    ResponderEliminar
  7. É por isso que eu sei que estou no sitio errado, eu faria tanta justiça...
    Beijinho e era mesmo um pano encharcado em...nas trombas ainda era pouco.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)