terça-feira, 22 de outubro de 2013

Olhar cinematográfico |47|

Desta vez trago uma mão cheia de filmes, uns melhores que outros e por isso mesmo, resolvi começar pelo melhor e acabar no pior. É uma forma de ver as coisas ;)


Argo (2013) 8/10«
Muitos de vocês já o devem ter visto, já que a produção de Grant Heslov, Ben Affleck e George Clooney, saiu vencedor na gala Orcars 2013, como melhor filme.
Eu, no entanto, andava com este filme a reboque na minha watchlist. Pensei várias vezes em ver mas desisti, sem saber ao certo a razão. Agora, depois de o ter visto, sugiro vivamente a quem ainda não viu.
Argo baseia-se numa história verídica. Militantes iranianos invadem a Embaixada dos EUA em Teerão, em retaliação ao apoio americano ao recém-deposto Xá, 52 pessoas são tomadas como reféns. Seis americanos conseguem fugir e encontram refugio na Embaixada do Canadá, porém, não se consideravam a salvo, já que caso fossem capturados, seriam executados como espiões. Ben Affleck veste a pele do Tony Mendez, um oficial americano da CIA, técnico de operações, que se especializou em apoio às operações clandestinas, que vai em missão de resgate com um plano tão incrível que só poderia ser digno de um filme.



It´s Complicated (20097.5/10«
Jane (Meryl Streep), mãe de três filhos já crescidos, é proprietária de uma confeitaria em Santa Barbara. Divorciada, mantêm uma relação amigável com o seu ex-marido, Jake (Alec Baldwin).
Durante a cerimónia de final de curso, do filho mais velho, o ex-casal deixa-se envolver e acaba na cama. Jake, casado com uma mulher bastante mais jovem, percebe que ainda tem sentimentos pela sua ex e sugere manter com ela uma relação de amante. A meio entra Adam (Steve Martin) um arquitecto contratado para remodelar a cozinha de Jane, mas que acaba por se apaixonar por ela. Um tango a três, com momentos hilariantes. Uma delícia de filme.




The Frozen Ground (2013) 7/10«
Adoro filmes baseados em factos reais e este é um que fala sobre o caso de um serial killer que sequestrou mais de 20 mulheres na cidade de Anchorage, no Alaska, durante 13 anos. Cindy Paulson (Vanessa Hudgens), uma jovem de 17 anos, é a única vítima  de sequestro que consegue escapar com vida e, mais tarde, vem a ser uma peça chave, para que o detective Jack Halcombe (Nicolas Cage) consiga apanhar o assassino que esconde os seus "despojos de caça" na imensidão gelada do Alaska.
Um filme porreiro para quem gosta de thrillers policiais.



The Awakening (2011) 7/10«
Um filme passado em 1921, conta a história de uma cidadã britânica, Florence Cathcart (Rebecca Hall) que se torna conhecida com o seu livro "Seeing Through Ghosts”. Assombrada pela recente morte do seu noivo, Florence dedica toda a sua carreira a expor como fraudes, casos reportados como paranormais. Um thriller interessante, muito dentro do género de outros que já referi como o Los ojos de Julia, The OthersEl orfanato.



Adorei o primeiro filme, achei o segundo aceitável e achei o terceiro um tédio. Não há nada como o primeiro. Esta terceira parte não têm nada de novo e o humor é escasso. Há partes do filme em que só apetece bocejar. Está longe, muito longe das minhas expectativas. Já se ouve por ai um rumor de que a Ressaca não fica por aqui, mas para mim, já deu o que tinha a dar, logo no primeiro.



Jobs (2013) 4/10«
Ashton Kutcher foi o escolhido para fazer o papel de Steve Jobs. A expectativa era grande, mas o certo é que os comentários e as críticas que ouvi antes de ver o filme, já faziam adivinhar que iria ser uma verdadeira desilusão. Dito e certo. Steve Jobs, sócio-fundador da Apple, empresa mais valiosa do mundo hoje, merecia melhor.
Diz-se que vários amigos de Jobs vieram a publico dizer que ele não teria gostado desta cinebiografia. Eu cá não gostei!
Quem quiser conhecer um pouco mais sobre a vida de Jobs, sugiro a sua biografia escrita por Walter Isaacson e autorizado pelo próprio Steve, que conta tudo, mesmo tudo, sobre sua vida.

Spring Breakers (2012) 2/10«
Que boa porcaria de filme! Nem sei como é que o James Franco alinhou nisto. Para quem tem filhas adolescentes então, é um terror. Designado como o sonho americano, o filme expõe a realidade das viagens de finalistas onde o conteúdo é puramente sexo, drogas e muita violência.
Das quatro raparigas Selena Gomez e Vanessa Hudgens são as caras conhecidas do Canal Disney, mas aqui, sem a inocência que nos permite apelidar de anjos. Uma verdadeira perda de tempo, na minha opinião.


7 comentários:

  1. Isso é que é consumir filmes! obrigada pelas dicas, adiantas tempo :)
    Bom dia para ti!
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito do Argo, o The Frozen Ground vi nas férias e também gostei muito. Também gosto de factos verídicos. Agora sempre que vejo esse ator lembro-me do serial killer! E o Jobs... vi este fds, enquanto dava um jeito à casa dele ehehhe, adormecemos na primeira tentativa. Vimos no dia seguinte o que faltava. Denigre um pouco o homem não? Se calhar ele era mesmo assim...

    ResponderEliminar
  3. Já apontei para ver o The Frozen parece-me que vale bem a pena, o Argo já vi e gostei, a Ressaca é uma seca!

    ResponderEliminar
  4. Quero muito ver o Argo, é totalmente o meu tipo de filme.

    ResponderEliminar
  5. Destes ainda só vi o It's Complicated, mas tambem tenho o Argo na Watch List desde que saiu, e sinceramente nem sei bem porque ainda não vi :)

    ResponderEliminar
  6. Argom the awakewning & the frozen ground já vi e gostei. O its complicated vou ver um destes dias... o The hangover não gostei logo do primeiro consequentemente não tenho interesse em ver mais nenhum... o do JOB já andava um tanto curiosa mas como dizes que não é bom ... bem vou ver e depois logo te digo. Agora esse ultimo não tenho mesmo nenhuma curiosidade.

    Vê o WE'RE THE MILLERS :)

    Beijo docinho xxx

    ResponderEliminar
  7. Quero muito ver os dois primeiros, mas ultimamente não tenho tempo...e isso deixa-me triste...

    ResponderEliminar

Talk to me ;)