terça-feira, 30 de julho de 2013

As minhas férias de Verão - a triologia - Vol.I

Pela primeira vez, na minha vida profissional, tirei 3 semanas seguidas de férias. A primeira semana, serviu para poder relaxar e libertar do corpo o demónio deste século - o stress. A segunda semanas é inteiramente dedicada à família, passada na "terra" onde vou tomar conta do meu sobrinho. E a terceira semana é para mim! Para mim e para as pessoas que me são especiais e com as quais não passo tanto tempo como gostaria.

Ora bem, o saldo da primeira semana foi altamente positivo

E local escolhido foi a Isla Canela em Espanha. A um passo da fronteira com Portugal, a dois quilómetros do centro de Ayamonte, encontrámos a tranquilidade necessária para passar uma semana fantástica. A praia de Isla Canela é maravilhosa, com uma extensão de areia de 150 metros do passadiço até ao mar e 7 Km de uma ponta à outra, divinal para caminhadas à beira-mar. A praia nunca está lotada, já que a sua dimensão é bastante generosa para o número de empreendimentos que possui. As construções estão muito bem preservadas e a altura máxima de cada empreendimento é de três andares, todas com jardins e piscina. Os carros circulam a uma velocidade moderada o que nos permite andar descontraidamente pelas ruas da ilha. A zona da Marina - Punta Del Moral - é o local mais comercial, onde se encontram algumas lojas de artesanato local, porém, há que procurar bem já que algumas praticam preços exorbitantes.













 




Como reservámos um apartamento, acabámos por fazer as nossas refeições por lá, desde o pequeno almoço ao jantar. Os restaurantes praticam preços entre os 9€ e os 12€ por pessoa, por isso, a nossa opção foi fazer as nossas refeições no terraço do apartamento, com vista para o mar. Tivemos imensa sorte com o apartamento. Para 4 pessoas, tinha uma sala enorme com dois sofás, dois quartos, duas casas de banho, uma cozinha e um terraço. Tínhamos piscina e estacionamento reservado na garagem. Não sentimos a falta de nada pois até ferro de engomar e tábua tinha. Melhor que isso, tinha cadeiras de praia, daquelas rasteiras, para poder levar e usar a nosso belo prazer. A praia estava a 5 minutos a pé. Uma pequena maravilha para quem parecia estas coisas.





Cada vez gosto mais de usar o Booking para este tipo de reservas, nunca fico mal servida.

Uma dica a conservar - Em Ayamonte, existe um supermercado, numa zona comercial, que têm preços *brutais* deste comida a produtos de higiene. Vale bem a pena abastecer por lá, pois a poupança é significativa. Tomem nota: Mercadona. Depois, há que aproveitar para abastecer o depósito do carro, já que a gasolina é 0,30 cêntimos mais barata que em Portugal.

Feitas as contas, esta é a razão pela qual a semana foi passada para além fronteira, em vez de ser em Portugal. No Algarve, tinha gasto, com toda a certeza, o dobro.

Mais fotos aqui.

sábado, 27 de julho de 2013

2013 TECHNICOLOR [29]

Fotografia tirada com o Galaxy Nexus

E para terminar o azul deste mês, aqui está o céu que me recebe em casa, todos os dias.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Isla Canela

Imagem retirada da net e manipulada por mim

sábado, 20 de julho de 2013

2013 TECHNICOLOR [28]

Fotografia tirada com o Galaxy Nexus

O meu "equipamento" de Verão é em tons de azul...tudinho em tons de azul.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Dica de ouro

Imagem retirada da net e manipulada por mim

Descobri esta dica há pouco tempo e não posso deixar de a partilhar, mesmo sabendo que o tema não é dos mais...interessantes.

Na casa de banho, sabem como eliminar o cheiro do nº 2? Vá, não preciso ser mais explicita pois não? Hum...tenho a certeza que já perceberam. Não!?! Então tomem nota. Basta ter sempre à mão uma caixa de fósforos e depois do "serviço" acendem um deles. É só acender um fosforo e apaga-lo logo de seguida e zás, o outro cheiro é completamente eliminado. Basta isto! Garanto-vos que resulta mesmo.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

World Without End

Para quem gostou da mini-série Os Pilares da Terra (The Pillars of the Earth), ficará ainda mais satisfeito com Um Mundo sem Fim. Adaptada da obra de Ken Follet, a história é passada em Kingsbridge, 200 anos depois da primeira série.
Em 1377, em Inglaterra, o povo é massacrado pela Coroa que cobra impostos exorbitantes (tal e qual como acontece em pleno Sec. XXI), pela longa guerra com França e pela grande mortalidade - a Peste Negra (que acabou por ceifar a vida a um terço da população europeia).

Caris Wooler, é a personagem principal desta história. Líder de uma comunidade que se opõe à Coroa e à Igreja, a jovem é descendente directa do arquitecto Tom, que construiu a igreja gótica em Os Pilares da Terra.

Imagens retiradas da net e manipuladas por mim

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Pobre sofre!

Imagem retirada da net e manipulada por mim

No local de trabalho, pela manhã, é costume estar pelo menos 10 minutos na sala do café "chafurdar" na cafeína. Por norma, há sempre um tema diferente todos os dias, coisas banais, nada que nos traga grande conhecimento ou valor.

Para vos poder enquadrar imaginem a Fiona, a tipa que tem a mania que é um ogre que come meninos ao pequeno almoço, o Tio Patinhas, o fulano mais forreta do mundo e a Doris, a "peixa" que tem falta de memória, ou é distraída ou é...burra...ou faz-se! (vamos imaginar que se chamam assim...)

Um dia destes a conversa era:

Fiona- A minha empregada ontem passou tão mal com o calor que nem conseguiu passar a ferro.
Tio Patinhas- A minha empregada só passa a ferro ao final do dia...
Doris- A minha empregada passa a ferro com o ar condicionado ligado.
Eu- (...)

WTF??? Parece que sou a única que não tem empregada em casa...nem tão pouco ar condicionado. O que nunca me falta é roupa por passar a ferro e, com ou sem calor, que remédio tenho eu senão a passar. Se eu não o fizer, ninguém o fará!



terça-feira, 16 de julho de 2013

2013 TECHNICOLOR [27]

Fotografia tirada com o Galaxy Nexus

TkU

segunda-feira, 15 de julho de 2013

2013 Optimus Alive |3|

Dia 13 de Julho

No terceiro dia, confesso que já se sente o cansaço, mesmo sabendo que quem (supostamente) corre por gosto, não cansa. A verdade é que a idade não perdoa e os "inta" já se fazem sentir a caminho dos "enta". Ataques de velhice à parte, o Domingo revelou-se ser, para mim, o dia mais fraco. Chegámos ao recinto mesmo a tempo de ouvir os Linda Martini, banda portuguesa que já se tinha apresentado no palco Heineken em 2011. Tivemos tempo de percorrer a zona dos sponsors e de ganhar alguns brindes. Com fartura, não faltaram os lenços, os porta-chaves e as fitas laranjas.
Imagem retirada da net

Pouco minutos após as 21h00, no palco Heineken, surgem os Of Monsters and Men. Eu parecia ser a única a não conhecer a banda, já que toda a gente à minha volta cantarolava alegremente o refrão. Aquele género folk-pop não me encantou, sou franca, achei que havia muita na-na-na-na-na nas músicas. Vou porém dar uma segunda oportunidade e ouvi-los calmamente em casa para ver se o desinteresse se mantêm ou não.
Imagem retirada de net

Entre um palco e outro, entre um Martini e outro, depressa chegou a hora dos cabeça de cartaz. Kings of Leon entravam em acção e a audiência moldou-se em torno do palco, expectante. Havia seguramente mais gente jovem, bem jovem. O cansaço geral era notório pois havia muita gente sem força nas canetas, que preferia ouvir sentada. Não me surpreendeu. Foi como ouvir um CD, sem tirar nem por. Ainda ficámos para ouvir o "Use Somebody" mas logo depois seguímos caminho na esperança de apanhar o comboio da uma. A caminho ainda ouvimos "Sex On Fire" como desfecho destes três duas de espectáculo.
Imagem retirada da net

E já há datas para o Optimus Alive 2014 - 11/12/13 de Julho

Dica de Ouro
Há muita gente que não sabe que se pode entrar com comida. Eu cá, sugiro vivamente, que levem o vosso farnel. A comida é muito cara e a qualidade/tamanho deixa muito a desejar. Assim, preparem as vossas sandes, ou até um wrap em casa e podem levar embrulhado em prata e fruta, muita fruta. Acreditem que faz toda a diferença no bolso.



domingo, 14 de julho de 2013

2013 Optimus Alive |2|

Dia 13 de Julho

A entrada foi rápida, uma vez mais pela porta FNAC (vale bem a pena o fã pac). Entramos a tempo de fazer um reconhecimento do terreno. Avistar as "barracas" dos sponsors e ainda tivemos a sorte de apanhar uns lenços com a marca da operadora laranja.

Ainda em plena luz do dia, com uma pontualidade britânica, subiram ao palco os Editors, uma das minhas bandas favoritas. Com a capa do seu último álbum a servir de cenário - The Weight of Love - Tom Smith surgiu com um look que agradou bastante às fãs que o aguardavam. Ouvimos ao vivo "The Racing Rats","An End Has a Start","Munich","A Ton of Love","Honesty", "Smokers Outside the Hospital Doors","Eat Raw Meat = Blood Drool" e claro, como não podia faltar, a frenética "Papillon". Brutal!
 Imagem retirada da net

E poucos minutos depois das 23h00, os Depeche Mode entram em palco. Já que falhei ao último concerto em Portugal, no Pavilhão Atlântico, finalmente consigo ter o prazer de ver e ouvir estes grandes senhores ao vivo. Dave Gahan, Martin Gore e Andy Fletcher, mesmo de pois de saltar a fronteira dos 50, não me deixaram ficar mal. Divinal a presença de Dave Gahan em palco, simplesmente divinal."Walking in My Shoes", "Enjoy The Silence", "Just Can´t Get Enough" , "Policy of Truth" e "Personal Jesus" foram das minhas favoritas e, a julgar pela multidão, foi o ponto alto da noite.

Imagem retirada da net

Mas isto foi ontem, hoje...há mais :)


sábado, 13 de julho de 2013

2013 Optimus Alive |1|

Imagem retirada da net

Dia 12 de Julho
Este ano não houve enganos, fomos direitinhas à porta FNAC, já que o nosso Fã PAC nos permitia aceder ao recinto por uma porta exclusiva, sem filas. Mas destas, não nos livramos para obter a famosa pulseira para os três dias. Depois de toda esta logística, encontrar os amigos, tipo agulha num palheiro. O que vale é que hoje em dia os telemóveis facilitam imenso este trabalho.

Ás 21h20, já estávamos no spot certo para ouvir os Two Door Cinema Club, no Palco Optimus. Um grupo formado em 2007, que embora não seja uma estreia em Portugal, tinha até então passado despercebido, pelo menos para mim. Numa onda de indie-dance foram capazes de fazer saltar uma multidão ao som de alguns refrões mais conhecidos. Para mim, uma verdadeira surpresa, já que se mostraram merecedores de um palco de grandes dimensões. Um bravo e um bis.
Fotografia retirada do FCBK do Optimus Alive - Two Door Cinema Club

Os cabeça de cartaz do primeiro dia, subiram ao palco às 00h15. Os Green Day, uma banda que embora faça parte do meu monopólio musical, nunca se tinha apresentado, para mim,  ao vivo e a cores. Dookie não tarda irá completar 20 décadas e American Idiot 10, mas as músicas parecem intemporais e as letras impossíveis de esquecer. Foram quase 2h30 de espectáculo de rock'n'roll. O vocalista, Billie Joe Armstrong, parecia ter gostado do coro português e pediu-nos uma e outra vez, uma e outra vez (diria...too many times) para cantarolar com ele, enquanto enrolado a uma bandeira portuguesa. 
 Imagem retirada da net 

Deu-nos tudo! Entre as quais as minhas favoritas de sempre "Know Your Enemy","Boulevard of Broken Dreams","Let Yourself Go", "Wake Me Up When September Ends" - até arrepiou -"Chump","When I Come Around","Welcome To Paradise","Basket Case" e a famosa "She". 
E é como vos digo, houve de tudo. O Billie, que não deve ter estado atento à temperaturas de ontem, resolver refrescar o pessoal à mangueirada, depois, disparou literalmente, rolos de papel higiénico numa maquineta de fazer inveja em qualquer local de trabalho (he he), e ainda lançou t-shirt num aparelho que se parecia com um lança misseis. Era ver a multidão a contorcer-se para conseguir meter mão no merchandising. Ao palco, ainda subiu um sortudo de um português- o Manel- que para além de ter tido o prazer de tocar com a banda ainda trouxe para casa a guitarra do vocalista - todos os "cães" têm sorte! (Manel, não é nada pessoal, ok!). Resumindo, o quarentão ainda está para as curvas e superou as minhas expectativas. Muito bem Green Day, muito bem!
Imagem tirada da net 

Mas isto foi ontem, hoje, temos mais...

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Are you...

Imagem retirada da net e *altamente* manipulada por mim

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Hannibal

Imagem retirada da net

O Silêncio dos Inocentes foi um dos meus filmes favoritos durante a minha juventude. Quem não ficou fascinado com a tenacidade da Clarice (Jodie Foster) e do estranho Dr. Lecter (Anthony Hopkins)?

Agora, chega em forma de série, com o mesmo gosto agri-doce. Hannibal, a personagem que amamos odiar, psiquiatra a tempo inteiro e homicida como part-time, surge na pele de Mads Mikkelsen (talvez o reconheçam no papel de vilão no Bond de 2006), num porte educado e quase que perfeito. Um verdadeiro senhor da culinária gourmet. De fazer crescer água na boca.

Um série que sugiro, vivamente (muah ah ah)

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Sweating like a pig

Imagem retirada da net e manipulada por mim

Vocês nem imaginam o que eu suo no Metro. Juro que não exagero quando digo que o meu corpo parece uma torneira a libertar água (se fosse vinho havia de ser bonito!). Ai senhores!!! Mas será que sou apenas eu??? Não vejo mais ninguém a suar à maluca pela manhã. E no Metro há malta de casaco, como será possível?

Eu cá suo litros, principalmente no Metro, e depois é ver aqui a je a tentar limpar o suor de forma subtil, para não parecer mal,  mas sempre sem sucesso. Acho que dou muito nas vistas, ou então sou eu que já estou com a mania da perseguição.

Agora, por causa dos calores, ando de leque e, enquanto espero pela minha carruagem (qual Cinderela), vou-me dando ao abanico para ver se evito a torrente de água que sai de mim.

Livra, não deve haver estação mais quente do que a da Baixa-Chiado. É um verdadeiro inferno matinal. Cruzes, preciso de um ar condicionado portátil.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Gone with the Wind |6|

Quais são os benefícios de deixar de fumar?

Após oito horas, os níveis de monóxido de carbono no organismo baixam e os de oxigénio aumentam;

Passadas 72 horas, a capacidade pulmonar aumenta e a respiração torna-se mais fácil;

Com cinco anos de abstinência do tabaco, o risco de cancro da boca e do esófago é reduzido para metade;

Ao final de dez anos, o risco de cancro do pulmão é já metade do verificado em fumadores, e o de outros cancros diminui consideravelmente.

Após 15 anos de abstinência, o risco de doença cardiovascular é igual ao de um não fumador do mesmo sexo e idade.


Foram várias as tentativas mas nenhuma me levou tão longe. Embora não tenha fumado durante a gravidez e durante a amamentação, nas minhas fases do "vou deixar de fumar" nunca consegui mais de um par de meses. Estou orgulhosa, muito orgulhosa.

Imagem retirada da net e manipulada por mim


segunda-feira, 8 de julho de 2013

Que brasa!

Fotografia tirada ontem à noite com o Galaxy Nexus - Instagram

OMG!!! Quem é que consegue dormir com este calor??? Mesmo de janela aberta o quente que se sente no meu quarto é insuportável. Descascada, quase como vim ao mundo, não há forma de arrefecer o corpo. O banho só resulta enquanto estou no chuveiro, pois 10 minutos depois já estou outra vez a suar em bica. Acho que vou ceder ao capricho e comprar uma ventoinha...ya, tem mesmo de ser.

sábado, 6 de julho de 2013

2013 TECHNICOLOR [26]

Fotografia e equipamento aquático cedido pela fotografa de serviço - a minha filha

E nestes dias de calor, nada melhor do que estar de "molho".
Azul mais fresco que este não há.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Osga à vista

Imagem retirada da net e manipulada por mim

Ontem estava tanto calor que acabei por adormecer com a janela do quarto aberta. A Mia e a Sushi, que também sofrem com o calor, deviam estar a dormir ao relento porque não as senti aos pés da cama como costume.

Por volta das 3 da manhã acordo com um barulho estranho no quarto. Era a Sushi que tinha entrado de rompante. Percebi que a janela aberta podia ser o suficiente para as duas não me deixarem dormir, já que pereciam estar mais activas que o normal, por isso, resolvi fecha-la. Apaguei a luz e voltei a fechar os olhos. De seguida, senti apenas um som leve. Percebi que as gatas estavam a brincar com alguma coisa. Abri os olhos, acendi a luz e, no chão do quarto, estava algo que não consegui identificar de imediato, tal não é a minha miopia. A mais velha cheirava o objecto estranho e a mais nova andava as voltas e, de vez em quando, dava uma patada na "coisa". Ora bolas, tinha de ir buscar os óculos, não conseguia identificar o que seria. Assim que salto da cama, a coisa começa a andar. Ahhhhhhhhhh!!! Não era um objecto. Era algo com pernas. Era uma osga!!!

O cenário estava montado. As gatas a jogar pingue-pongue com a desgraçada e eu histérica em cima da cama sem saber o que fazer. A pobre bicha estava já nem rabo tinha e quase que podia jurar que tinha a língua de fora. Mal dava um ar de vida e pimba, levava logo uma patada e em poucos instantes já estavam as três no corredor. Percebi que as mercenárias das minhas gatas iam sacudir a bicha até o sol nascer. Não gosto de ver animais a sofrer, mesmo que não simpatize com eles.

Enchi-me de coragem, fui buscar uma pá à cozinha e resgatei a desgraçada das garras das minhas gatas vampiras. E agora? O que fazer??? Em segundos pensei: Eureka! O telhado. Devolvi a pequena ao seu habitat. E lá foi ela, ensanguentada, sem rabo e meio coxa...mas foi à sua vida. Se morreu entretanto não sei, mas isso já é com o Grande Arquitecto, lavo as minhas mãos.

E...não! Não há fotos. Como podem imaginar, para além de ser de madrugada nem sequer me passou pela cabeça fotografar o momento. Eu cá não tenho sangue frio para isso.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Hipocrisia

Imagem recolhida na net e manipulada por mim

Que hipocrisia!!! Esta malta passa a vida a falar mal uns dos outros, mas depois é vê-los a tomar cafézinho e a dar palmadinhas nas costas como se fossem grandes amigos. Estou rodeada de idiotas.


terça-feira, 2 de julho de 2013

25 Landmark´s

No Tripadvisor encontrei mais uma lista.
The 25 Landmark´s Travelers Choice 2013

Destes 25, só vi ao vivo e a cores os seguintes: 8-11-12-22-23Vou aproveitar e usar estes números para jogar no Euromilhões, quem sabe não ganho o suficiente para visitar os 20 locais que ainda me faltam.

Imagens retiradas da net e manipuladas por mim.