domingo, 23 de junho de 2013

Uma visita inesperada

Fotografias tiradas com o Galaxy Nexus em Junho de 2013

E não é que este desgraçado entrou pela janela da casa de banho e andou na boca das minhas gatas!!! Pois é! Teria sido uma desgraça caso não estivesse em casa quando se deu o episódio. Pobre diabo, vá-se lá saber porque raio escolheu a minha janela para entrar. Até podia estar a fugir de um gavião, mas não teve melhor sorte quando se revolveu esconder na toca da Mia e da Sushi. Lá andei eu aos saltos, de um lado para o outro do corredor, de pano da loiça na mão, a tentar enxotar as artistas e ao mesmo tempo a tentar apanhar o desgraçado que esvoaçava esbaforido, indo contra as paredes. Meia volta e acabava na boca de uma delas. Foram minutos que pareciam horas. Finalmente, lá consegui apanhar o pássaro. O coração acelerado era a única prova de que estava vivo, de resto nem se mexia. Até os olhos pareciam colados no infinito. Nada! Percebi que estava em estado de choque.

Deixei-o descansar o tempo que considerei suficiente. Só depois o libertei, precisamente pelo mesmo sitio por onde teria entrado, a janela da casa de banho. Seguiu o seu caminho.

Espero que tenha conseguido superar o trauma :)

4 comentários:

  1. Marta, já fizeste a tua boa acção do dia!
    a Mia e a Sushi é que não devem ter gostado!
    já estavam a esfregar os beiços com um petisco que não parava quieto!
    tadito do passarinho!
    bjs

    ResponderEliminar
  2. E fizeste o teu papel e trataste maravilhosamente bem do bichinho!
    És um amor como sempre!

    Um beijo doce e boa semana amiguinha xxxx

    ResponderEliminar
  3. Que susto. Imagino que a avezinha tenha ficado com o coração aos saltos. Tantas histórias na história da gente :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. coitadinho.. ainda o salvaste! imagino a azáfama nessa casa! =) beijinho marta

    ResponderEliminar

Talk to me ;)