sexta-feira, 19 de abril de 2013

Paula Guerreira

E ainda sobre o tema da amizade...

Fotografia tirada com o Galaxy Nexus 

A Paula tem o dom de me surpreender, desde o dia em que a conheci. Foi no dia 15 de Abril de 2012 que a sua vida se cruzou com a minha, na sequência de um jantar promovido para a malta da blogosfera. Recordo-me de ter hesitado muitas vezes. De ter pensado para que este tipo de coisas não era bem a minha onda. Por fim, resolvi enfrentar este meu medo do desconhecido e tive a agradável surpresa de conhecer a Paula Nogueira Guerra. Deste jantar trouxe mais três amizades que me acompanham de perto até hoje (as meninas sabem quem são, não sabem?).

Passado um ano, a surpresa chega pelo correio. Um coração e uma carta enorme, escrita à mão, narrando uma história na primeira pessoa. Uma história valente que me apresenta uma guerreira. Li e reli a carta, notando nela a intensidade da tinta que ia marcando o papel à medida que desbravava caminho. Uma lição de vida. Uma luz de esperança para me mostrar que aquilo que tanto procuro existe, só ainda não foi encontrado.

A vida da Paula cruzou-se com a minha, e hoje, faz parte das pessoas que estão sempre comigo, mesmo que de longe.

5 comentários:

  1. Ainda não conheci a Paula pessoalmente, mas pelas suas palavras, pela sua história de vida, senti uma enorme empatia logo desde o ínicio. É daquelas pessoas que nos marcam, pela positiva. Gosto muio, muito dela.

    Um beijinho Marta. Um dia cheio de luz.

    ResponderEliminar
  2. A ti já te conheço pessoalmente, mas a Paula ainda não te conheço, mas pelo que leio da Paula ela é uma querida, mas tu não te ficas atrás!
    Beijinhos grandes ás duas!!!

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho pela Paula uma enorme empatia ... e tens mesmo razão é uma guerreira e que eu um dia quero muito conhecer pessoalmente :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Minha doce Martinha,
    És especial e pessoas especiais unem-se! Foi o que aconteceu connosco!
    Fez contigo o que ainda não fiz com mais ninguém... quem conhece (partes) da minha história são as poucas que ainda estão na minha vida. Mas são poucas. Procuro sempre pessoas especiais, tal como tu e, ENCONTREI!
    Que feliz sou eu por te ter na minha vida. E sabes uma coisa: quero ser (pelo menos) umas da primeiras pessoas a quem partilhes da tua felicidade, aquela que também te procura mas anda meio perdida. Mas te garanto que está a caminho! You deserve only the best!!!

    Obrigada por quereres ser minha amiga!

    Um beijo cheio de luz na tua bela alma xxx

    ResponderEliminar
  5. A Paula é uma pessoa incrível!
    Não a conheço pessoalmente, mas sei que tenho nela uma espécie de anjo-da-guarda. Sinto que está sempre presente de alguma forma. Quis o destino que ees vosso jantar, acabasse por trazê-la também até mim. :)
    Para reforçar o teu texto vou partilhar, que há umas semanas atrás a Paula sentiu-me triste. Típico da Benedita enfiar-se na caverna quando não está bem, não me senti com coragem para conversar, apesar de ter partilhado com esta querida o meu contacto telefónico. A Paula compreendeu essa minha questão e no dia seguinte, respeitando a minha necessidade de silêncio mas procurando apaziguar o nosso espírito, como ela só sabe tão bem fazer, através de palavras que nos dirige que nos dão alento e força, enviou-me para o telemóvel uma mensagem que por nada deste mundo, apago!
    Beijinhos às duas
    (Adoro-vos!)

    ResponderEliminar

Talk to me ;)