domingo, 31 de março de 2013

2013 TECHNICOLOR [13]

Estou de volta! Depois de umas férias fantásticas, regresso com muitas coisas para vos contar. Para já, deixo-vos esta fotografia tirada com o meu telemóvel, num dos dias em que estive em Atenas, só para vos abrir o apetite.

Boa Páscoa!

Março, Uma foto por semana com a  cor Poison Green

domingo, 24 de março de 2013

2013 TECHNICOLOR [12]

Numa boneca, pendurada na porta do quarto,escrito em verde esperança, está o nome da minha filha linda. A minha companheira, a minha amiga, o meu tesouro.

E são quase 05h00 e já está tudo a postos para a nossa partida para a Grécia. A B. está ao rubro, acho que nem dormiu...

Μέχρι την επιστροφή μου. 
Que é como quem diz em grego, até ao meu regresso!

Março, Uma foto por semana com a  cor Poison Green

terça-feira, 19 de março de 2013

Serra da Estrela

E nada melhor do que começar o meu primeiro dia de férias em viagem, por essa estrada fora. Sabia que o a B. ia adorar ir ver a neve à Serra, e depois de consultar a meteorologia, percebi que era o dia ideal já que o tempo estava altamente favorável para este passeio. E que sorte tivemos, conseguimos apanhar bom tempo durante a subida,  o que nos permitiu ter uma vista brutal em todos os locais onde parámos. E a neve, essa, ia aparecendo em maior volume, à medida que subíamos a Serra.

Na Torre, não podia ter sido melhor. As condições climatéricas proporcionaram-nos uma verdadeira aventura. Foi um dia especial ;)

domingo, 17 de março de 2013

2013 TECHNICOLOR 11]



Um dos meus grandes companheiros de secretária...quem esteve comigo na altura, sabe bem que este verde de mudança surgiu em boa hora. E mais não digo.

Março, Uma foto por semana com a  cor Poison Green

sexta-feira, 15 de março de 2013

Já não era sem tempo...


Imagem retirada da net e manipulada por mim.

Caraças pá! Estava a ver que a sexta-feira nunca mais chegava. Passei a semana toda com o estômago embrulhado, com medo que o Boss se passasse da marmita e não me deixasse ir de férias. É que não é por nada, estas duas semanas que vou tirar, são dias do ano passado e eu estou a precisar urgentemente de uma pausa, mas como o Boss é enxertado em corno de cabra, estava com receio que replicasse o momento ridículo do ano passado, em que uma semana antes de ir de férias, se lembra de me dizer que fazia falta e que não era a melhor altura para me ausentar. Bahhhhh, tive de mudar os meus planos em cima do joelho e não recebi sequer um agradecimento por isso.

Mas vá, desta safei-me e, ao trabalho, só volto no dia 01 de Abril (e não é mentira...se bem que não era má ideia...nã, deixa-te de coisas...), até lá, estou out of office, l-i-t-e-r-a-l-m-e-n-t-e.

Ahhhhhh coisa boa! Finalmente de férias.

quarta-feira, 13 de março de 2013

A necessidade aguça o engenho

Como o dinheiro está cada vez mais curto, ando sempre a tentar arranjar forma de poupar.
Cá em casa, a regra de ouro é tomar *sempre* o pequeno-almoço em casa. Todas as manhãs, enquanto eu tomo banho, a B. prepara as coisas na cozinha para o nosso repasto matinal. Sim, leram bem! A minha filhota linda é que se encarrega do pequeno-almoço. Sou uma sortuda!

Mas é do lanche que vos quero falar. A minha filha tem de ter sempre algo para comer a meio da manhã ou a meio da tarde, caso tenha aulas o dia todo e, para evitar que coma porcarias no bar da escola, tenho de lhe fazer sempre qualquer coisa, só que para isso há que ter tempo para preparar o lanche logo de manhã, certo? E tempo é algo que nos falta tal como o dinheiro, certo?
Então o meu truque é este. Ao Domingo, compro duas baguetes acabadinhas de sair do forno (o que não vale ter o PD aqui mesmo à mão). Chego a casa e corto-as em em várias partes. Depois, coloco o que quero, ou manteiga, ou queijo, ou fiambre... (convém variar porque os miúdos enjoam depressa). Como é Domingo não preciso de andar a correr, por isso, envolvo os pedaços já recheados em película e depois zás, congelador com elas.

De manhã, é só tirar do congelador, juntar um pacote de leite com chocolate ou um iogurte liquido e aqui está o lanche fresquinho. Na hora de comer o pão está fresco e fofo. Ah ah, sabe a pato!

Experimentem!

terça-feira, 12 de março de 2013

Facto |2|

Imagem retirada da net e manipulada por mim

Já estive para encerrar este blog uma série de vezes, por várias razões, mas depois...há algo muito forte me impede, sabe o que é, não sabem?

segunda-feira, 11 de março de 2013

Um liceu à maneira

Esta escola foi inaugurada em 09 de Janeiro de 1911 e sofreu obras há sensivelmente três anos, obras essas que causaram alguma polémica, já que segundo dizem houve benefício substancial para os empreiteiros. Se assim foi ou não, não sei, o que posso afirmar é que o este liceu tem um aspecto óptimo e as instalações são fabulosas. Só não consegui tirar fotografias às salas de aulas e à zona desportiva, mas acreditem quando vos digo que são brutais. A minha filha não sabe a sorte que tem, as minhas escolas eram sempre tão "ranhosas". Ainda me lembro da quantidade de camisolas e calças que estraguei nas falhas das secretárias...

Enfim, fica aqui o registo fotográfico.
Fotografias tiradas com o Galaxy Nexus - Fevereiro 2013

E como é que eu consegui tirar fotografia sem alunos? Fácil. Ao final do dia a escola está deserta e neste dia só restavam os pais que tinham acabado de entrar para a sala para uma reunião com a DT.

domingo, 10 de março de 2013

2013 TECHNICOLOR [10]

Fotografia tirada com o Galaxy Nexus

Desde o ano passado que "cultivo" na minha cozinha ervas aromáticas. Esta é sem dúvida a minha favorita - Ocimum basilicum - Manjericão. Para quem não conhece, o manjericão é uma planta cujas folhas são usadas como tempero, em diversas comidas, devido à sua fragrância. Tornou-se numa das ervas mais conhecidas devido ao molho pesto, uma mistura de manjericão, pinhões e queijo parmesão. 

Adoro o seu aroma, textura e sabor na comida, uma verdadeira delícia.

Março, Uma foto por semana com a  cor Poison  Green

sexta-feira, 8 de março de 2013

StikyGram :)

E para quem gosta destas coisas, para além do Statigram que vos mencionei aqui, ainda há o StikyGram, que é simplesmente fabuloso. É um serviço online, que transforma as nossas imagens do Instagram em pequenos ímanes. Ou seja, basta entrar no site com a vossa conta do Isnta e escolher as fotos, em packs de 9 imagens 50x50, fazer p pagamento (sugiro sempre MBnet) depois é só esperar que chegue por correio. Recebi o meu em 4 dias úteis.

Vejam só o resultado.

Fotografias tiradas com o Galaxy Nexus - porta do meu frigorífico ;)

quinta-feira, 7 de março de 2013

Faz hoje 3 anos...

Fotografias tiradas com o Galaxy Nexus 

Faz hoje 3 anos que adoptei a minha Mia, a gata mais bonita do universo. A gatinha que no anúncio da net se chamava Kitty e que tinha um olhar super meigo.

Depois de responder ao anúncio da SOS Animal, marquei uma entrevista e lá fui eu para os lados de Odivelas. A senhora que me entrevistou tinha uns dez gatos em casa, ou mais. Uma boa parte deles eram ainda pequenos (entre os 7 e os 10 meses) mas também haviam uns quantos já adultos. Quando entrei na sala, sentei-me no sofá e percebi que aquilo era um harém de gatos. Gatos no sofá, gatos na carpete, gatos na marquise, gatos...gatos e mais gatos. Esta querida senhora acolhia os que podia até conseguir arranjar um lar definitivo. Fez-me uma série de perguntas afirmando que queria ter a certeza se eu seria uma boa "dona". Dessa vez fui para casa de mãos a abanar, pois este encontro era apenas para aferir se a minha vontade era genuína.

Da segunda vez fui ainda com mais vontade de trazer para casa a minha gatinha do anúncio. Entre todos os bichanos, eu sabia que aquela era especial. A senhora ainda me tentou convencer a trazer uma pretinha dizendo que era mais meiga que a Kitty, conhecida por ser mais arisca, mas eu não me deixei convencer. Era aquela, a do nariz cor de rosa, de apenas 7 meses, com um ar imponente mas um olhar meigo (tenho pena de não ter a foto do anúncio para vos mostrar, mas acreditem no que digo...)

Preenchi uma série de papeis, tirei uma mug shot para colocar no processo de adopção e finalmente assinei um termo de responsabilidade. A senhora reforçou várias vezes: "-Se por alguma razão se arrepender, prefiro que ma devolva do que a abandone!". O processo foi tão (como dizer...) profissional (???) que a senhora ainda me ligou uma série de vezes para saber como estava a gatinha. Acabei por lhe enviar e-mails quase todas as semanas, com fotos e tudo, para que ficasse tranquila.

A Kitty, saiu de lá já Mia e não voltou a sair dos meus braços. Foi um daqueles amores à primeira vista. Daqueles amores incondicionais que duram uma vida inteira. Faz três anos que a Mia está connosco e o meu desejo é que se contem muitos mais.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Gone with the Wind |4|

Imagem retirada da net e manipulada por mim

Estou orgulhosa de mim. Durante estes cinco meses consegui manter a minha vida sem tabaco. Não voltei a comprar um maço de tabaco. Não voltei a cheirar a cinzeiro. A única altura que me puxa para fumar é o convívio com a minha malta, mas ainda assim, durante todo este tempo, fumei dois cigarros ao todo...cravados a meio da noite, já depois de beber duas morangoskas (nada de grave já que nem os fumei até ao fim, foi só mesmo pelo acto social).

Acho que vou no bom caminho.

terça-feira, 5 de março de 2013

Facto |3|

Me, myself and i
Adoro ser o SOL!
O meu arqui-inimigo (gosto tanto desta palavra) dizia que eu parecia o Sol a rejubilar quando era o centro das atenções. Sim, é verdade. Assumo. Gosto de me sentir importante, imprescindível e mais que tudo insubstituível (se bem que hoje em dia, ninguém o é!).

segunda-feira, 4 de março de 2013

Statigram


Sabem o que é o Instagram certo? É uma rede social (mais uma) onde o objectivo é partilhar fotografias tiradas com o telemóvel, que depois são manipuladas com os filtros pré-definidos. Este aplicativo, era inicialmente utilizado apenas pelos utilizadores de aparelhos da Apple, no entanto, em Abril de 2012 foi criada uma versão para o Android e logo de seguida foi comprado pelo Facebook, mas vá, isto não vos interessa nada...eu é que tenho a mania de detalhar a coisa...Na verdade, o que quero é apresentar-vos o Statigram. É uma ferramenta online que nos permite ter todos os dados sobre a nossa actividade do Instagram, reunidos numa só uma página. A sua utilização é gratuita e para utilizar, basta fazer o login com o user e a password do Insta. Depois, conseguimos obter estatísticas como:

- Quantidade de fotos publicadas;
- Quantidade de “likes” recebidos;
- Quantidade de comentários recebidos;
- Ranking das fotos que receberam mais “likes“;
- Ranking das fotos que receberam mais comentários.

AS MINHAS ESTATÍSTICAS ;)

Nota: A maioria das fotografias que publico, tiradas com o meu telemóvel, são manipuladas e publicadas no Instagram.

domingo, 3 de março de 2013

2013 TECHNICOLOR [9]


Fotografia tirada com o Galaxy Nexus


Estou à procura de um amuleto de boa sorte para dar à minha mãe. Em tudo na vida é preciso sorte e eu nunca acho demais deseja-la aos molhos. Nesta altura, será precisa muita força, muita coragem e muita sorte para que tudo corra bem. Não desejo mais nada neste momento, a não ser a recuperação da minha mãe. Que tudo não passe de um momento guardado no passado.


Março, Uma foto por semana com a  cor Poison Green

sexta-feira, 1 de março de 2013

Quem tem filhos tem cadilhos

Imagem retirada da internet e manipulada por mim


Depois de ler este post da Tanita, em que refere a birra dos miúdos, lembrei-me de partilhar com ela o truque que fazia com a minha filha quando tinha mais ou menos a mesma idade do seu filho.

A B. devia ter mais ou menos dois anos. Percebi que estava naquela fase de levantar cabelo, mas nunca tinha feito nada que não seja aceitável. Um dia, num restaurante, decide fazer birra por causa da comida. Primeiro começou só por umas caretas, mas não tardou a estar completamente descontrolada aos pontapés às cadeiras e a mandar o guardanapo e os talheres para o chão.

Passei-me! Fiquei tão enervada que só me apetecia bater-lhe. Levou-me ao limite. Peguei-lhe por um braço e levei-a à casa de banho. Sentei-a no lavatório, para ficar à minha altura, e depois descarreguei uma série de palavras discursadas num tom furioso (eu acho que até espumava pela boca). Eu só sei que berrei tanto que ela não disse um piu. Ficou a olhar para mim, com um ar aparvalhado e nem pestanejava. Coitada, hoje, pensando bem, deve ter ficado apavorada ao ver o diabo no corpo da mãe.

Depois desse dia, sempre que ela se esticava eu abria os olhos e dizia: Queres ir à "casa-de-banho?" E ela respondia prontamente: "Não mamã!" Resultava sempre.

Com a idade a B aprendeu que não conseguia nada com birra e hoje, a caminho dos 12 anos, é ela que usa truques comigo para conseguir o que quer. E eu dou!  Porque é uma boa menina, meiga, sensível, boa aluna e muito responsável.