quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Um tesouro

Este espelho de bolso de senhora, é um tesouro que a minha avó materna me ofereceu. Segundo conta, quando era jovem, era habitual trazer um destes na bolsa para poder retocar o pó de arroz.
Estes são objectos aos quais dou valor, coisas pessoais, usadas, que revelam um passado, uma vida.
Reparem só no número de "telephone". Até parece um código de postal. A Rua dos Retrozeiros ainda está no mesmo sítio mas com um novo nome, hoje, é a Rua da Conceição e da loja, já nem sinal há. Nesta rua da Baixa Lisboeta, ainda sobrevivem algumas lojas do ramo, mas a clientela é escassa, quase tão rara como esta relíquia que guardo com tanto carinho.
É um tesouro que quero guardar para a minha filha. Gostaria que fosse um tesouro perpétuo para fazer jus ao nome da minha avó.

13 comentários:

  1. É de facto uma relíquia magnífica p/ guar dar e recordar. Tb me lembro de ir ás retrosarias na Rua da Conceição aos botões.... de todas as formas, tamanhos e feitios... adorava... E há 15 anos atrás, p/ o meu fato de noiva, fiz questão de lá ir eu própria comprar tds os adereços acessórios p/ o fato

    ResponderEliminar
  2. Linda relíquia, preciosa, que passa de avó para neta, para bisneta e assim as gerações de mulheres que se miram e se assemelham em valores e beleza.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Magnífico. Há peças que não têm preço; não há dinheiro que as pague. Têm tanto valor sentimental que há que estimar e guardar para sempre recordar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Lindo, lindo. Tens um tesouro em mãos.

    Um bom dia, Marta :)

    ResponderEliminar
  5. Que maravilhoso... quem me dra ter uma reliquia assim... perdemos tudo com a guerra em angola :(
    Mas estou contente por teres algo tão lindo assim para passares á tua filhota!

    Beijocas carinhosas xxxx

    ResponderEliminar
  6. Fabuloso. Tudo nele tem um certo romantismo.

    ResponderEliminar
  7. Qualquer coisa esconde uma boa história, uma boa lição. Mas nem todas são tão especiais a nós. Certamente foi um ótimo presente de sua avó, que nem imaginava que um dia o espelho sairia do anonimato e viria para o hall da fama, ao ser publicado no teu blog.
    É até uma forma de homenagem a ela.
    Muito legal, Marta!

    ResponderEliminar

  8. Mesmo muito bonito, uma verdadeira reliquia.

    E se eu adoro reliquias...



    ResponderEliminar
  9. Um verdadeiro tesouro, não só pela peça em si, como pelo valor sentimental que tem.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Há uma mistica nestes objectos que também me cativa. Sobretudo quando trazem consigo estórias familiares. E o espelho é especialmente bonito e curioso. Adorei as notas sobre a localização da loja.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)