quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Santiago Alquimista

Tenho andado afastada da noite de Lisboa, por questões económicas e também pelo cansaço. Mas ontem cedi ao capricho de ir conhecer finalmente o Santiago Alquimista. Sim, é verdade. Embora esteja a dois passos aqui de casa, nunca se tinha proporcionado. Ontem foi o dia. Ou melhor, a noite.

O espaço é enorme e a sala de espectáculos está divida em dois pisos. O palco e pista no piso inferior e mezanine no piso superior que permite ter uma vista ampla de ambos os pisos. A companhia foi surpreendentemente agradável. O ambiente era leve e embora estivesse "casa cheia" não houve espaço para apertos. O grande momento da noite foi proporcionado pelos Gatos Vadios, que cantaram uma série de covers de música rock dos anos 70/80. Estes senhores, para mim desconhecidos até esta data, souberam manter a malta animada por mais de 1 hora e os temas foram bem escolhidos. Pena que depois da música ao vivo, sobrou a mão do DJ que, na minha opinião, não estava nos seus dias. Mas confesso que aquela hora, já estavam todos muito "quentes" para perceber a qualidade musical do momento, quanto a mim, venceu-me o cansaço.

Regressei a casa com duas certezas.
O Santiago Alquimista é um local onde vou regressar e que eu já só me sinto bem e confortável com música ao vivo, essa é mesmo a minha praia.

8 comentários:

  1. Gostei do lugar e também compartilho contigo o gosto por música ao vivo, mas depende da música, claro. Agora me diz, boa companhia é tudo, não é mesmo?

    ResponderEliminar
  2. Eu também adoro musica ao vivo e se for rock então ainda mais...

    ResponderEliminar
  3. ))

    É um excelente espaço, óptimo para convivio e concertos intimistas. Com muita pena minha, só lá fui uma vez, para ver o Stuart Staples, o vocalista dos Tindersticks
    Morasse eu mais perto ou tivesse amigos com o mesmo gosto musical e seria assíduo.

    (E tento lembrar-me do nome de um espaço a que fui, e que tb gostei muito. Fica perto do Chapito e, salvo erro, tem nome de teatro. Caraças! Estou a dicar desmemoriado. Será a velhice?)

    ResponderEliminar
  4. Pela descrição, parece convidativo.

    ResponderEliminar
  5. como dizia o outro senhor,"foi bom mas podia ter sido melhor" ;P*

    ResponderEliminar
  6. Querida Marta, eu que já me deixei desse tipo de saídas, gosto de ler quando vocês o fazem. :)

    ResponderEliminar

Talk to me ;)