domingo, 3 de julho de 2011

Olhar cinematográfico |21|


Hoje, temos um bocadinho de tudo...para todos os gostos.


Para quem gosta de humor tipo South Park, até porque é dos mesmos criadores, fica aqui uma dica de um filme cujo actores são marionetas e onde o humor surge sem papas na língua. Uma sátira inteligente, cínica e mordaz, só para adultos. Atreve-te e vê.


Assim que percebi que o Sylvester Stallone era o realizador fiquei de pé atrás, mas confesso que o elenco deixou-me curiosa. Desde o próprio, longe da imagem do antigo Rambo, podemos contar também com as acrobacias de Jet Li, o sarcasmo do Jason Statham, o humor negro do Terry Crews e o look inconfundível do Michey Rourke. Vale a pena pelas lutas que estão bem coreografadas e mesmo os efeitos de pirotecnia.


Um filme de amor aos pedaços. Várias histórias, várias personagem com algo em comum, o amor servido de variadíssimas maneiras. Um must.


Uma história dramática com um elenco de luxo e cenários maravilhosos. Um verdadeira aventura de sete prisioneiros de várias nacionalidades que escapam de uma prisão soviética em 1940. O desafio é fazer mais de 6500 kms para conquistar a liberdade. A não perder!


Sou fã do Johnny Depp mas prefiro vê-lo pela mão do Tim Burton. Este filme surge com um toque de James Bond e não fosse o cenário maravilhoso onde se passa a história, podia até dizer que é um desperdício um actor destes para tão fraco papel.


Um filme com uma visão interessante sobre a confiança entre um casal. Para colocar à prova a fidelidade do marido, Catherine (Julianne Moore) entra num jogo perigoso. A mensagem é clara, a falta de comunicação entre um casal pode ser fatal.


Liam Neeson e uma aventura em Berlim, este podia ser o nome do filme. Não é mau mas...fiquei à espera de mais. É porreiro para ver ao fim-de-semana, quando já não temos grande cabeça para filmes complexos. A história é simples e o desfecho é previsível.


Deixei o melhor para o fim. Fantástica interpretação de Annette Bening, merece aplausos no final. A trama é super envolvente e a história leva-nos para caminhos desconhecidos, retrata a maternidade de várias prespectivas. O fim é verdadeiramente surpreendente.



9 comentários:

  1. Já vi alguns, tenho que ver os outros!

    ResponderEliminar
  2. Marta, obrigada pelas dicas :)
    Quero muito ver The Way Back e Mother and Child.

    ResponderEliminar
  3. grato pela visita. será sempre bem vinda.

    passei a vistar, se me permitir

    beijos

    ResponderEliminar
  4. Paris je t'aime... lindo! Também gostei do Turista com a A. Jolie, de resto confesso que não conheço, tirando o Team América que não gostei. Mas já anotei algumas sugestões que achei interessantes:)

    ResponderEliminar
  5. marta emprestei ao luis o nova york i love you,que é mais oa menos o mesmo do paris em em ...nova york :)

    tal como o de paris o elenco é fabuloso.

    ResponderEliminar
  6. Tu sim vês muitos filmes :)

    particular interesse em Chloe e Uknown. Vou já sacá-los

    Tens um ótimo poder de sintese. Acho que já te tinha dito :)

    ResponderEliminar
  7. Anónimo6.7.11

    O Team america é tão bom!!!!! ;)

    Chinchilla

    ResponderEliminar
  8. O primeiro filme deve ser um pouco estranho, não? :s

    beijo

    ResponderEliminar
  9. Já vi o Turista agora o resto acho que não!!!

    ResponderEliminar

Talk to me ;)