terça-feira, 24 de maio de 2011

Não há quem aguente...

14 comentários:

  1. Ok... explica lá melhor isso... :))

    ResponderEliminar
  2. SSDD... não há tempo para parar. A vida é curta, dizias-me tu...

    ResponderEliminar
  3. Não há saco...nem para o gato. :)

    ResponderEliminar
  4. Nem sempre somos fortes...

    ResponderEliminar
  5. As vezes é mesmo preciso mudar o rumo das coisas

    ResponderEliminar
  6. Desistir nem sempre é sinónimo de fraqueza. Afinal, é preciso desistir para ter a coragem de começar de novo.

    ResponderEliminar
  7. Oh pá, às vezes mais vale desistir do que nunca poderá ser mudado, essa é que é essa!
    Não há pachorra para tanta casmurrice.

    O que vale é o vosso apoio incondicional e a vossa paciência santa para comentar os meus desabafos.

    Bem haja.

    ResponderEliminar
  8. Marta,

    Mais que lamentar é preciso agir!...


    Beijos!
    AL

    ResponderEliminar
  9. Um dia a corda parte

    ResponderEliminar
  10. Não vale a pena. Ás vezes só precisamos de mudar um pouco de direcção.

    Beijocas, Polly

    ResponderEliminar
  11. Desistir nunca... abrandar um pouco a luta às vezes impõe-se, para ganhar forças para continuar:)

    ResponderEliminar
  12. eu sei que vai parecer cliché o que vou dizer, mas as coisas vão melhorar. melhoram sempre :)

    ResponderEliminar

Talk to me ;)