segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Um presente...

Obrigado!
Tenho pena de não ter ido com vocês. Muita pena mesmo...
Fica para o ano!
Love ya.

domingo, 22 de novembro de 2009

Syberia

Acabei...o I e o II.
Nestes dias foi o que me fez companhia. Passei o fim-de-semana a jogar e a ouvir música. Pouco ou nada escrevi. Não tenho o que escrever a não ser as mesmas coisas de sempre.
Fica aqui a dica para quem gostas destas coisas.
Divirtam-se!

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

140 anos ao Vivo!

The Gift, Ana Moura, Luis Represas,Yola Semedo,Tito Paris, Waldemar Bastos, Vanessa da Mata, António Zanbujo, Paulo Gonzo, Daniela Mercury...Hum alguns melhores que outros mas ok...vamos lá ouvir esta malta toda :)

Ah é verdade e a companhia é do melhor!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Há coisas do diabo


Hoje falei com um amigo de longa data e percebi que afinal eu não sou assim tão azarada quanto isso, ora vejam só:

Casou com a namorada de 4 anos, 3 meses depois estavam em processo de divórcio.Conheceu uma enfermeira pela qual se apaixonou, casou e teve uma filha, mudou-se de armas e bagagens para o Norte e ao final de um ano estavam a dar-se mal. Hoje está separado a viver num quarto alugado na casa de uma senhora de 66 que vive com 2 cães, com problemas de saúde, magro que nem um pau de virar tripas, desempregado e sem possibilidade de arranjar emprego porque entretanto fez uns biscastes onde queimou um pé, que o impede de andar, como não estava a contrato nem sequer tem direito a baixa. E há mais, está fora de questão voltar a Lisboa porque entretanto dá-se mal com os pais.

Bolas…e eu aqui a queixar-me com problemas que não consigo resolver a questão com a minha cara-metade.

Hoje pensei: Olha Marta, acorda mas é para a p*** da vida!


domingo, 15 de novembro de 2009

Um cherinho...


A noite chega cedo e da minha janela da cozinha admiro o Chiado vestido de luz. Cheira a Natal. Sinto em mim aquele gostinho das idas às compras, dos embrulhos, da árvore e das decorações. Encanta-me ver a cidade vestida de luz, de cores.

Vai fazer um ano que moro aqui e faço questão de decorar a minha nova sala com leves traços desta época festiva. Uma árvore simples, mas cheia de luz. Vou abusar dos vermelhos. Velas, muitas velas. Neste Natal vou poder gozar o meu novo pijama sentada no meu fantástico sofá, com uma meias quentinhas calçadas e vou ficar aninhada a ver um daqueles filmes que já vimos milhares de vezes mas que nos dão um certo aconchego.

Meus caros…eu já respiro Natal.


Nota: Foto tirada da janela da cozinha.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Paciência

Tenho razões para estar contente mas não estou. Tenho razões para sorrir mas não consigo. Tento fazer um esforço para superar esta amargura que trago dentro de mim mas juro que é mais forte que eu. Sei que desiludo as pessoas que me rodeiam e que gostam de mim, mas a verdade é que ainda não me encontrei.
Tenho uma série de situações resolvidas, sei que tenho bons projectos a desenvolver mas ainda assim falta-me algo. Pareço aquele ser insatisfeito, sempre insatisfeito. Revolta-me não conseguir sair deste estado.
Ainda assim sei que posso contar sempre convosco. Tenham paciência. O meu sorriso vai voltar e a minha boa disposição também. Dêem-me tempo, afinal…é o que mais me pedem ultimamente. Se o mereço ou não fica ao vosso critério.
Até breve!