quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Sem solução!

Como diz a minha avó: Para o que não há remédio, remediado está!

Ora aqui está um grande ditado.

Tenho de parar de arranjar soluções para o que não têm solução. Reforço com isto que pau que nasce torto jamais se endireita.

Vá Marta, deixa-te de lérias e anda mas é para a frente!

Chega de tentativas frustradas, de desculpas irracionais.

É assim e não há volta a dar, ou aceitas ou não aceitas.

E tem mais…para quem não está bem a porta da rua é serventia da casa.

5 comentários:

  1. Nem mais!

    Remato com: "O que não mata engorda."

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ui esse então é que dá mesmo cabo de mim!

    ResponderEliminar
  3. Eu prefiro o outro: "Quem não arrisca, não petisca"
    E há sempre solução para tudo M. Tu mesma o disseste há algum tempo atrás. E a tua coragem de andar para a frente mostra a força que és.

    ResponderEliminar
  4. Tomara eu que todos os problemas pudessem ser resolvidos como uma equação matemática...
    Com todos os defeitos e com todas as virtudes...girlfriend, I love ya!

    Ah, e sábado estamos lá, não te esqueças!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. RMA,
    Entendo o que queres dizer mas eu tanto arrisquei que perdi o pouco que tinha. Agora é seguir em frente e deixar para trás as desculpas parvas. Quanto à força…sei que tenho mais do que a que julgo por isso…é na boa!
    Beijos amiga.

    ***
    Oh Limão, também eu, também eu!
    Mas a verdade é que somos nós que criamos os problemas e cabe a nós resolve-los.
    O que custa é isso mesmo, tomar coragem e resolver de vez o que anda a matar-nos aos poucos.
    Beijos e…i love ya.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)