quinta-feira, 29 de maio de 2008

O beijo


Este é o meu quadro favorito.
Um momento intenso entre dois.
Um momento genuíno de um beijo doce.
Tingido de cores quentes cria um mundo sensual.
Comunica uma sexualidade latente.
O beijo é algo de fantástico…

sábado, 24 de maio de 2008

You fly straight into my heart.


Tenho tido algumas paragens no tempo. Por vezes dou comigo, absorta, a olhar para o nada, longe de onde me encontro fisicamente. Parece que tenho asas e voo. Voo para longe, para um sítio só meu. Um local onde encontro o que tanto procuro. Sigo a luz dos teus olhos, o teu sorriso e voo.


“...You fly straight into my heart
You fly straight into my heart
But here comes the fall
So much for make-believe,
I'm not sold
So much of dreams, deceit,
I'm not prepared to know
Your heart makes me feel
Your heart makes me bold
For always and ever
I'll never let go
Always concealed
Safe and inside, alive
Show me the dirt pile
And I will pray that the soul can take
Three stowaways
In a passion it broke
I pull the black from the gray
But the soul can wait
I felt you so much today...

(Pioneer To The Falls)

terça-feira, 20 de maio de 2008

Por ti que vês em mim o Sol!


Ponderei afastar-me das palavras.
Pensei que seria possível deixar de expor o que sinto, talvez tenha considerado isso como uma defesa. Não me quis por a nu, contudo vejo que é impossível. São as palavras que me confortam, são as palavras que me identificam. São as folhas perdidas neste espaço cibernético que me fazem baixar à terra e concluir que por vezes vivo na ilusão.
Creio que o que escrevo é lido pelos que me acompanham neste mar de desabafos e são essas pessoas que me devolvem a vontade de escrever. Não me posso fechar no meu universo e julgar que longe deixo de sentir este pesar. Lido com algo doloroso, não nego, mas acredito que o que não me mata só me torna mais forte. Regresso com a força que vêem em mim. A força de um Sol que não se deixou apagar por um desgosto, por uma deficiência da vida. Renasço novamente, como tantas outras vezes, das cinzas como uma Fénix dourada. Regresso com mais força ainda, porque sei que no fundo algo me está reservado, algo grande! Regresso de coração vazio mas cheia de ideias na cabeça. Cheia de vontade de corrigir o que fiz de errado, de me dar uma segunda oportunidade.

domingo, 18 de maio de 2008

Ausente...

Por tempo indeterminado...

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Um dia complicado


Foi um dia daqueles. Odeio quando não consigo resolver um mal entendido de imediato. Não gosto de ficar com as ideias mal esclarecidas. Fiquei na mó de baixo e transbordei esse sentimento no local onde me encontrava. A minha frustração era transparente.
Recebi uma série de abordagens perguntando se estava tudo bem e se havia algo que poderiam fazer para me animar. Achei que esta era a vertente negativa de uma pessoa bem disposta. Quando o habitual é o sorriso nos lábios e as brincadeiras são uma constante basta um momento menos bom para que à minha voltem me questionem sobre o tema.
Agora que penso nisso de uma forma mais calma posso concluir o seguinte:

Não é uma vertente negativa, não!
É um facto importante. Se sou abordada desta forma por estar triste é porque as pessoas que me rodeiam se importarem com o meu bem-estar, é porque gsotam de me ver feliz.

Assim termino dizendo: Sou de facto uma sortuda!


P.S. Limão, obrigado por estares sempre por perto e me tentares animar. Obrigado pela retribuição de carinho. Obrigado por estares atento e veres nos meus olhos a tristeza e não me questionares nada. Obrigado pelo ombro amigo.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Voltei…



Voltei de uma viagem fantástica. Foi uma oportunidade única até porque a América não fazia parte dos meus planos de viagem. Foi uma recompensa que aceitei com alguma dificuldade mas que no fim se traduziu num verdadeiro retiro espiritual. Viajei com 37 pessoas que embora sejam da mesma “empresa” me eram completamente desconhecidas. Como a minha sorte é do tamanho do mundo, destas pessoas havia uma que já conhecia e que foi uma companhia fantástica.

Ainda assim não consigo evitar de dizer que as minhas viagens de sonho são as que são feitas com familiares, amigos ou com a nossa cara-metade. Dou muita importância aos pormenores e isso faz com que queira partilhar cada momento com aqueles que habitam o meu coração.
Na verdade foi uma experiência enriquecedora, conheci locais novos e participei em experiências nunca transportadas do imaginário para a realidade.

Momentos mais marcantes desta viagem:

Magnifico dia passado no Universal StudiosLos AngelesSoberbo passeio de helicóptero sobre o Grand Canyon
Fantástica visita a Alcatraz – São Francisco.


p.s. Tu estiveste sempre comigo.
In my head, in my heart.

terça-feira, 6 de maio de 2008

Estou de volta

E viva LAS VEGAS!