quinta-feira, 27 de março de 2008

Jigsaw

Tenho um nó na cabeça. Um? Vários!
Às vezes penso que não vivo neste planeta. Já cheguei à conclusão que tenho um olho clínico que me permite ver mais além, mas depois não tenho forma de resolver os enigmas que observo.
Mas não me queixo, não!

São estes os momentos áureos da fase em que me encontro.
Adoro nós!

7 comentários:

  1. dúvidas... que as não tem?

    ResponderEliminar
  2. Sempre achei que ter um nó era algo um pouco dificil de digerir...
    Mas tu adoras-os!
    Será caso para dizer: "Venham mais nós que ainda há aqui espaço para mais uns quantos"?

    Quanto ao olho clinico, monta uma banca, bola de cristal, uma assistente jeitosa, luzes e acção!
    Ainda ganhas uns trocos e, com sorte, mais alguns nós!

    ResponderEliminar
  3. Desfazê-los...isso sim dá pica!

    :)

    ResponderEliminar
  4. Todos nós temos nós. Por vezes um nózinho ou nózito. Muitos nózinhos fazem um nó. Muitos nós, uma grande dor de cabeça!
    Viva a tua fase Áurea!

    ResponderEliminar
  5. Ai Marta...
    Tb tenho assim um nó de dúvidas... E tb tenho um olho clínico que me angustia. antes não o tivesse... Quem não sabe é como quem não vê. Povo dixit.

    mil beijos

    ResponderEliminar
  6. Anónimo30.3.08

    É interessante.
    Que mais posso eu dizer.

    ResponderEliminar
  7. Sim Noivo, quem não as têm!

    *****

    Eu adoro Ricardo e tu sabes bem.
    Vou pensar na bancadinha tipo bruxa…o meu olho clínico pode vir a ser milionário e eu uma verdadeira excêntrica.

    *****

    É verdade Narrador.
    Essa é a parte genial. Dar uma volta a estes nós da vida.

    *****

    Obrigado Guardador. E é bom nesta fase ter os amigos por perto.
    Os bons amigos.

    *****

    Lisa…
    Amiga, queria deixar um comentário no teu blog mas não posso entrar 
    Queria retribuir a tua presença assídua no meu blog.

    *****

    Interessante?
    É muito mais que isso.

    *****

    Beijos para todos.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)