domingo, 3 de fevereiro de 2008

Fronteira



É como me sinto….
Entre duas vontades.
Não sei para onde devo pender…
Nem o vento me ajuda.

10 comentários:

  1. :)
    A indecisão, esse bixinho maroto!

    ResponderEliminar
  2. não deixes que seja o vento a decidir!

    ResponderEliminar
  3. amiga Marta...

    Experimenta as duas partes... decide e reflecte depois...
    Escuta aqui a burra velha!!

    beijinhos.

    Lisa

    ResponderEliminar
  4. Mas ajuda o Gato, que gosta de ti:)
    Vá conta ao amigo o que se passa...
    Quero saber para que lado te puxo... Conta-me:)


    O Gato

    ResponderEliminar
  5. Acredita Aluada, a indecisão dá cabo de mim.
    Acho que o melhor é deixar o tempo resolver a questão.

    *****

    Noivo, tens razão…não seixo que seja o vento a decidir, contudo esperava que este me pudesse ao menos dar uma pista…

    *****

    Pecadormeconfesso,
    São fronteiras entre o bem e o mal…o certo e o errado.

    *****

    Lisa, obrigado…
    Para já vou deixar como está…logo se vê.

    *****

    Gato, meu amigo Gato.
    Estás sempre por ai….escondido no escuro…
    Mas sempre por perto.
    Um beijão grande Gato Lindo!

    *****

    Beijos para todos!

    ResponderEliminar
  6. Imagem notável,
    por vezes a indecisão é uma forma em que decidimos dar tempo ao tempo...
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. o vento por muito que sopre não te desvia do objectivo... espero que se ele soprar seja brando e macio...
    bjs

    ResponderEliminar
  8. É verdade Bhixma mas não deixa de me dar cabo da cabeça…
    De qualquer forma já vi o melhor é dar tempo ao tempo.
    Beijos e obrigado pela tua presença assídua.

    *****
    Guardador de Estrelas
    Obrigado pelo teu comentário. Foi de facto uma surpresa.
    Sei que vens aqui algumas vezes contudo nunca tinhas deixado um comentário. Espero que esta tenha sido a 1º de muitas outras vezes.

    ResponderEliminar
  9. Cândida4.3.08

    é do sirucco :)

    ResponderEliminar

Talk to me ;)