terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Estranha sensação…

Como é que sabemos quando alguém precisa de nós?
Pricipalmente quando esse mesmo alguém não nos pede ajuda directamente.
É apenas uma leitura que faço de um olhar. É talvez uma sensação...uma estranha sensação.
Não sei se estou certa e acho demasiado arriscado chegar e simplesmente esticar a mão.
Devo ficar no meu canto e ignorar o grito silencioso que oiço ou arriscar e abrir o meu peito antes mesmo que o pedido de S.O.S. chegue até mim?

5 comentários:

  1. Nestas coisas, a "via do meio" é sempre o melhor caminho. Criar condições para que seja o outro a abrir-se, mas não esticar imediatamente a mão.

    ResponderEliminar
  2. quando existe comunicação, ela pode nem sempre aparecer por palavras....

    ResponderEliminar
  3. a palavra precisar tem muito que se lhe diga.
    Tens uma sensação, não ignoras. devolves olhares, já é uma resposta. uma de muitas que podes dar.
    concordo com bhixma, embora uma coisa seja a teoria e outra a realidade...
    bjs

    ResponderEliminar
  4. ás vezes o olhar fala mais que as palavras...por isso se ele te diz isso...está a pedir algo...
    beijo vagabundo

    ResponderEliminar
  5. Bhixma, estas coisas são sempre complicadas.
    Para já sinto que devo ficar apenas atenta.
    Logo se vê.
    Beijo e obrigado pela dica.

    ***

    Noivo, no início havia essa comunicação. Quase que nem era preciso palavras, pura telepatia. Mas algo mudou. Existe amizade mas igualmente um bloco de gelo que nos separa e que não me deixa ver para lá do óbvio. A vida têm destas coisas.

    ***

    Guardador de estrelas, nem sempre um olhar resolve. E olha que considero o meu fulminante. Se os olhares não se cruzam pelo contrário evitam-se…dificilmente vou conseguir vou conseguir dar a volta por aí. Ainda assim Obrigado pela dica. Não resulta nesta situação em especifico mas resulta certamente noutras situações que me rodeiam.

    ***

    Poeta, tenho a certeza que o teu olhar diz muito.
    Neste caso não me parece que a solução seja tão fácil…
    Infelizmente.
    Beijo doce e não fujas…

    P.S. Já encontrei o teu canto novo. Vou ficar fã.

    ***

    Beijos para todos!

    ResponderEliminar

Talk to me ;)