quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Turn over


Há alturas na vida que nos é exigido alguma reflexão.
Este é um desses momentos.
Por mais que tente não consigo deixar de fazer contas de cabeça.
A minha grande questão é: como é que se passa de bestial a besta do dia para a noite?

Depois de algumas dúvidas chego à triste conclusão que a rápida mudança deve-se ao facto de nunca ter sido sequer bestial. Em vez disso existia apenas uma besta camuflada.

Está é sem dúvida a verdade.

Crua e nua

8 comentários:

  1. Marta, alguém com a profundidade do teu olhar só pode ser alguém muito especial! É assim que eu te vejo: uma alma sensível!

    Beijinhos e BOAS FESTAS!

    ResponderEliminar
  2. Um Feliz Natal e um 2008 maravilhoso

    ResponderEliminar
  3. Martinha,

    tu és melhor do q essa besta camuflada!!!
    Só tens que dar importantância a coisas verdadeiras.

    Espero que ultrapasses isso rapidamente.

    Um beijinho especial e um FELIZ NATAL.

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
  4. só o és se quiseres acreditar nisso...
    beijo vagabundo

    ResponderEliminar
  5. Não estava a falar de mim...de qualquer forma agradeço as vossas palavras.
    Falava de alguém que me era próximo, alguém especial para mim...
    Do dia para a noite essa pessoa deixou simplesmente de ser...amiga.

    É tão estranho que nem sei explicar...

    Enfim...a besta camuflada é ele!

    Beijos grandes

    ResponderEliminar
  6. Marta, não te conheço pessoalmente, mas ao ler o que escreves sinto que és uma pessoa muito especial... O teu olhar é educado, sensível...

    Beijinhos e BOAS FESTAS!

    Fica bem!

    ResponderEliminar
  7. Marta ... pensamento positivo para nos brindares com textos mais alegres!!! :)

    ResponderEliminar
  8. Obrigado Fernando pelas tuas palavras.
    Vejo que também tens um olhar especial.
    Beijos

    _________
    Aluada obrigado por passares por aqui.
    Não sei se terei textos mais alegres espero que sim se bem que gosto de escrever quando me sinto triste ou magoada com algo.
    O que acontece neste momento é essa mágoa que teima em não querer passar...
    Mas tudo passa calro que sim!

    Bjs

    ResponderEliminar

Talk to me ;)