sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Cheiros que avivam a memória.


O tempo mudou desde a última vez que vim à terra e passaram apenas três semanas.
A noite está mais húmida.
Os cheiros são tão característicos da época.
O frio chega de mansinho e já se entranha na pele.
O cheiro da lenha queimada nas lareiras esquecidas no verão…doce fragrância.
O meu casaco está colado em mim como uma segunda pele.
Sabe bem o agasalho.
Com a noite cai o orvalho humedecendo a terra agora macia, tenra.
As folhas, os troncos das árvores e o manto verde que cobre os campos emanam um bálsamo doce…tão doce.
Vejo à minha volta uma paleta de tons castanhos.
Por momentos lembrei-me do que há muito me tinha esquecido.

4 comentários:

  1. As sensações são óptimas, os matizes de castanho são lindos, mas, por mim, preferia o "Sol do Verão". Agora sinto-me como as árvores, com as folhas a cair... :))

    ResponderEliminar
  2. O Outono voltou...
    E eu voltei com ele!

    ResponderEliminar
  3. e assim envelhecemos...
    beijo vagabundo

    ResponderEliminar
  4. Martinha,

    parece mesmo que o Outono já bateu à porta, adoro o cheiro a lenha e oas tons do castanho, mas não consegue me alegrar tanto como a chegada do verão:)

    Eu sei que cada estação tem o seu encanto, mas verão é verão!
    Acho é que às vezes o Outono passa um pouco despercebido, as pessoas começam logo a pensar no Natal e nas prendas, etc...

    O que mais adoro no outono é mesmo a bela da castanha assada, hummmmm:)

    Beijocas

    PS: fomos à Quinta da Regaleira, foi espectacular, prometo esta semana postar sobre isso.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)