sábado, 9 de dezembro de 2006

Sente-se o cheiro no ar.


Aqui na terra o Inverno parece ser mais rigoroso.
O frio penetra nos ossos e congela-nos até à alma. Sabe bem calçar dois pares de meias e usar luvas, gorros e cachecóis…tudo para que seja possível fazer um passeio a pé com algum conforto físico. Os campos estão verdes, carregados de humidade. Gosto deste cheiro a musgo.
Hoje não chove. O céu está pintalgado de nuvens brancas, mas o azul está presente e o sol espreita de vez em quando entre um e outro manto de algodão.
A casa está cheia. A família está reunida.
A árvore de Natal está linda e cada vez mais brilhante, as luzes que enfeitam a casa dão um toque de magia à época em que nos encontramos.
Já tinha saudades do cheiro da lareira e de sentir este calor na face.
Que bom é estar em “casa”.

1 comentário:

  1. Tens razão Marta: é mesmo tão bom. Pode parecer um comentário infantil, mas sabes: eu acho que esta altura tem mesmo alguma magia. Daquelas espontâneas. Que não se explicam mas nos aquecem cá dentro.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)