quarta-feira, 11 de outubro de 2006

Doce poema.




“Sonha com as estrelas,
Apenas sonha,
Elas só podem brilhar no céu.
Não tentes deter o vento,
Ele precisa correr por toda a parte,
Ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde.
As lágrimas?
Não as seques,
Elas precisam correr na minha,
Na tua, em todas as faces.
O sorriso!
Esse deves segurar,
Não o deixes ir embora, agarra-o!
Persegue um sonho,
Mas não o deixes viver sozinho.

Alimenta a tua alma com amor,
Curea as tuas feridas com carinho.
Descobre-te todos os dias,
Deixa-te levar pelas vontades,
Mas não enlouqueças por elas.
Abasteçe o teu coração de fé,
Não a percas nunca.
Alaga o teu coração de esperanças,
Mas não deixes que ele se afogue nelas.
Se achares que precisas voltar, volta!
Se perceberes que precisas seguir, segue!
Se estiver tudo errado começa novamente.
Se sentires saudades mata-as.
Se perderes um amor, não te percas!
Se o achares, segura-o!
Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala.
O mais é nada.”

Fernando Pessoa.

1 comentário:

  1. E há melhor maneira de começar o dia do que lendo um poema destes?

    É lindo. Não conhecia =)

    ResponderEliminar

Talk to me ;)