quinta-feira, 4 de maio de 2006

Problemas do sec. XXI


Ora aqui está o meu problema… já que nos tempos que correm tudo tem uma boa desculpa, aqui está uma tão válida como qualquer outra.

"TRANSTORNO BIPOLAR
Sintomas – O paciente alterna momentos de depressão e euforia. Nas fases de tristeza, os sintomas são os mesmos da depressão. Nas de euforia, o bipolar costuma apresentar alegria exagerada, hipersexualidade, além de pensamentos fora da realidade.Durante uma crise, o paciente pode ter, por exemplo, graves prejuízos financeiros. O transtorno ataca principalmente adolescentes e adultos jovens, e é incurável. Pode ser controlado, mas os episódios aparecem várias vezes ao longo da vida."

Vamos lá recapitular
"Nas fases de tristeza os sintomas são os mesmos da depressão, ou seja, desânimo e da dificuldade em desfrutar actividades de lazer, verificam-se lentidão de raciocínio, dificuldade de concentração, perda de memória e alterações no sono e no apetite. Nos casos mais graves, aparecem ideias recorrentes de suicídio e delírios."

Bom… pois se estou triste é provável que não tenha grande ânimo e nem me apeteça estar ao pé de ninguém, não serei boa companhia, isto leva a estar calada, pois se falo sozinha, já serei maluca e não bipolar. A concentração é de facto um problema grave no meu caso pois não consigo estar mais de 10 minutos sentada a trabalhar sem abrir o mail e a perda de memória… enfim, do que é que estamos a falar mesmo????
Ai o apetite…pois se uns dias não como a pensar na minha essência estética então noutros como tudo o que me apetece. No sono o problema tende a agravar pois adormeço em qualquer lado, transportes públicos ou privados, no cinema ou em casa de amigos, enfim, uma coisa de loucos (ou não!).
Finalmente esclareço que é verdade que passo o dia a delirar, ora com um príncipe encantado, ora com um emprego bem remunerado e porque não até com o euromilhões… mas nunca e repito, nunca me passou pela cabeça o suicídio, pelo contrário, tenho uma enorme sede de viver!


“Nas de euforia, o bipolar costuma apresentar alegria exagerada, hipersexualidade, além de pensamentos fora da realidade.”


Nas alturas de euforia de facto a coisa tende a descambar um bocado, de tal forma que às vezes nem sinto os músculos da cara de tanto rir (só ainda não entendi porque? não encontro razões para tanta alegria, devia era chorar...)
Não vou comentar a da hipersexualidade…enfim, sou o que sou e não se fala mais nisso, quem me tira um gajo, tira-me tudo. E os pensamentos fora da realidade, também relacionado com tema anterior visto que nestas alturas eu acredito em príncipes (ah!!! completamente alucinada).

"Durante uma crise, o paciente pode ter, por exemplo, graves prejuízos financeiros. O transtorno ataca principalmente adolescentes e adultos jovens, e é incurável. Pode ser controlado, mas os episódios aparecem várias vezes ao longo da vida."


Pois é…assim como é que uma pessoa consegue juntar um tostão…ah pois não! É impossível, não fosse eu ter um plano B (private joke só para os amigos) e não sei o que seria de mim.
Meus caros familiares e amigos como referido anteriormente esta doença não tem cura, por isso, vão ter de me aturar assim para o resto da vida, mas sempre com uma boa desculpa para o meu feitio e até personalidade…
Eu sou bipolar!

2 comentários:

  1. ..Ora bem...Não sei se postas-t a brincar ou a sério!De qualquer modo(espero que não fiques ressentida)acho que talvez até sejas bipolar.Acho que o teu blog está a ajudar-me a entender certas coisas que me escapavam!Espero que saibas que apesar de por vezes estarmos afastadas podes sempre contar comigo,podes desabafar e até chorar no meu ombro!Também tenho um feitiozinho de merda mas com ajuda tudo é melhorado e ultrapassado!Beijos grandes e desculpa ás vezes não ser tão boa irmã!!!

    ResponderEliminar
  2. Seria impossível ficar triste com o teu post, pleo contrário, fiquei muito feliz.
    Obrigado por tudo.

    P.S.Não existe irmãs boas nem más, apenas alguns desentendimentos, mas como tu própria dizes tudo pode ser ultrapassado.

    ResponderEliminar

Talk to me ;)